Eleições 2020

Júnior Geo comenta possível candidatura em Palmas e garante que não cede às pressões do Palácio

Nos bastidores, Geo é apontado como único com força suficiente para enfrentar o palaciano Barbosa (PHS).

Por Nielcem Fernandes 986
Comentários (0)

27/09/2019 08h30 - Atualizado há 1 ano
O deputado e presidente do Pros disse que nome de candidato será defino apenas em 2020

Presidente do PROS no Tocantins, o deputado estadual Professor Junior Geo afirmou em entrevista ao AF Notícias que o partido terá candidatura própria nas eleições de 2020 na Capital do Estado.

Candidatura

A pouco mais de um ano das eleições, o nome do deputado é apontado nos bastidores como o único com força suficiente para enfrentar o palaciano Wanderlei Barbosa (PHS) nas próximas eleições.

“O Pros irá lançar candidato a prefeito em Palmas. O nome ainda não está definido. Lançaremos nossa candidatura própria por acreditarmos que ainda existem melhores opções do que as se declaram com pré-candidatos", afirmou.

O deputado explicou que a candidatura do partido irá apresentar um nome que represente ideias diferentes dos tradicionais grupos políticos e que trabalhe mais com a capacidade de gestão do que apenas com a capacidade de ser um ‘agente político’.

“Nós merecemos uma opção à altura do que a sociedade deseja e que desenvolva um bom trabalho na educação, saúde, segurança e infraestrutura. O que nós precisamos é ter gestores. É isso que nós iremos propor”, comentou.

Apesar de ter o nome cotado para a disputa, o parlamentar evitou polêmicas e preferiu não antecipar sua pré-candidatura. Como presidente do partido, ele adiantou que o candidato só será definido no próximo ano. “Fico feliz de meu nome estar aparecendo mesmo eu não tendo feito nenhuma afirmativa nesse sentido. Isso é sinal de que o trabalho está trazendo credibilidade junto à população palmense. Iremos definir o nosso candidato apenas no ano que vem”, disse.

Oposição

Questionado sobre o trabalho de oposição ao Governo que vem sendo desenvolvido na Assembleia Legislativa, o parlamentar argumentou que não se trata de contraposição e sim de um trabalho voltado para o acredita ser o correto para a sociedade tocantinense.

“Não comungo da ideia de oposição. Oposição geralmente é um termo muito radical e eu não trabalho dessa forma. Procuro defender os interesses da sociedade. Fomos eleitos para representar tais interesses e assim procuro fazê-lo”, declarou.

Único a solicitar uma CPI para apurar o suposto esquema de extorsão e cobrança de propina envolvendo o Plansaude, o deputado reiterou que não depende de favores do governo e que não cede à pressão do Palácio Araguaia. "Dizer que é fácil trabalhar dessa maneira não é. Mas isso não me desanima, pelo contrário. Isso só me fortalece e me faz crer que estou desempenhando um bom trabalho”, concluiu.

Perfil

Conhecido como professor Júnior Geo pela sua trajetória profissional e o vínculo com a Geografia, é professor concursado pelo Instituto Federal do Tocantins (IFTO) há 14 anos.  Pós-graduado em Desenvolvimento Sustentável pela Universidade Federal de Lavras (UFLA), o deputado também atua em diversas escolas e cursos preparatórios para concursos e vestibulares desde 2001 no Tocantins.

Eleito em 2012 e reeleito em 2016 como vereador da capital, Júnior Geo conseguiu se eleger para seu primeiro mandato como deputado estadual em 2018 com mais de 10 mil votos sendo o mais bem votado da capital com cerca de sete mil votos.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.