Chuva

Ministério Público requisita informações sobre alagamento no HRA em 24 horas e instaura inquérito

As informações foram solicitadas ao diretor-geral da unidade, Vânio Rodrigues de Souza.

Por Redação
Comentários (0)

10/12/2019 14h47 - Atualizado há 10 meses
Alagamento no HRA

O Ministério Público do Tocantins (MPTO) requisitou informações sobre eventuais danos causados pela chuva que alagou corredores, quartos e recepção do Hospital Regional de Araguaína (HRA) na manhã desta segunda-feira (09).

O pedido foi feito através de ofício encaminhado ao diretor-geral da unidade, Vânio Rodrigues de Souza.

O documento foi expedido pelo Promotor de Justiça Leonardo Gouveia Olhê Blanck e irá subsidiar o Inquérito Civil Público nº 33/2016 instaurado pela 5ª Promotoria de Justiça de Araguaína.

Foi concedido o prazo de 24 horas para que o gestor do hospital encaminhe as seguintes informações: se o alagamento ocasionou prejuízos aos atendimentos realizados no hospital; se o alagamento danificou equipamentos, medicamentos e/ou insumos do HRA e quais providências estão sendo tomadas para regularizar a situação.

Segundo informações preliminares, a chuva teria alagado pelo menos três alas do hospital e o problema teria sido ocasionado pelo entupimento de um bueiro.

+ Corredores do Hospital Regional de Araguaína ficam inundados durante forte chuva; veja vídeos

+ Mãe, bebê e enfermeira ficam 'ilhados' dentro de ambulância à espera de resgate em Araguaína

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.