Ministros querem aumentar os próprios salários para R$ 35,9 mil

Por Redação AF
Comentários (0)

29/08/2014 07h59 - Atualizado há 2 meses
<span style="font-size:14px;">Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) aprovaram em sess&atilde;o administrativa nesta quinta-feira (28) proposta de aumento dos pr&oacute;prios sal&aacute;rios de R$ 29,4 mil para R$ 35,9 mil - alta de 22%. Conforme o Supremo, o reajuste tem a inten&ccedil;&atilde;o de recompor as perdas inflacion&aacute;rias no per&iacute;odo de 2009 a 2014 com base no &Iacute;ndice de Pre&ccedil;os ao Consumidor Amplo (IPCA).</span><br /> <br /> <span style="font-size:14px;">A proposta ser&aacute; enviada para o Congresso e o valor poder&aacute; ser inclu&iacute;do no Or&ccedil;amento de 2015, para que o aumento comece a valer em 1&ordm; de janeiro. Para valer, o Or&ccedil;amento precisa ser aprovado por deputados e senadores at&eacute; o final deste ano.<br /> <br /> Pela Constitui&ccedil;&atilde;o, os sal&aacute;rios do STF s&atilde;o os mais altos do Poder P&uacute;blico e representam o m&aacute;ximo do que um servidor pode receber mensalmente.<br /> <br /> O aumento beneficia toda a classe da magistratura. Os ministros do Superior Tribunal de Justi&ccedil;a (STJ) ganham 95% do valor recebido pelos ministros do Supremo. Os ju&iacute;zes da segunda inst&acirc;ncia, ganham 95% do recebido pelos integrantes do STJ. Os ju&iacute;zes de primeira inst&acirc;ncia ganham 95% dos de segunda inst&acirc;ncia.<br /> <br /> Na proposta aprovada pelos ministros, &eacute; informado que o reajuste ter&aacute; impacto de R$ 2,5 milh&otilde;es s&oacute; para o STF e de R$ 646,3 milh&otilde;es para as demais inst&acirc;ncias das demais inst&acirc;cias do Judici&aacute;rio da Uni&atilde;o.<br /> <br /> A proposta aprovada nesta quinta prev&ecirc; aumento de 16,11% em rela&ccedil;&atilde;o ao sal&aacute;rio que estar&aacute; em vigor em janeiro de 2015, de R$ 30.935 - esse aumento j&aacute; est&aacute; previsto em lei de 2012. Na pr&aacute;tica, no entanto, o valor subir&aacute; 22% em rela&ccedil;&atilde;o ao sal&aacute;rio recebido atualmente pelos magistrados.<br /> <br /> O texto ser&aacute; protocolado diretamente no Congresso Nacional, onde ter&aacute; que passar pelas comiss&otilde;es de Trabalho, Administra&ccedil;&atilde;o e Servi&ccedil;os; Finan&ccedil;as e Tributa&ccedil;&atilde;o; e Constitui&ccedil;&atilde;o e Justi&ccedil;a; e no plen&aacute;rio tanto da C&acirc;mara quanto do Senado.<br /> <br /> Uma mensagem ser&aacute; enviada para a presidente Dilma Rousseff para pedir que ela inclua no Or&ccedil;amento de 2015 o percentual de 16,11% sobre o sal&aacute;rio de R$ 30.935 que entrar&aacute; em vigor.</span>
ASSUNTOS

Comentários (0)

Mais Notícias

Tocantins

Nove pessoas são infectadas com doença de Chagas após ingerir suco de bacaba

O Tocantins já tinha registrado dois casos da doença em 2018.

Salário de até R$ 3,5 mil

Concurso público oferta 845 vagas em Marabá, a menos de 300 km de Araguaína

As inscrições serão realizadas de 12 de dezembro deste ano a 10 de janeiro de 2019.

Presidente eleito

TSE diploma Bolsonaro como novo presidente da República com mandato até 2022

A cerimônia vai ocorrer a partir das 16 horas, no plenário da Corte. Bolsonaro foi eleito para mandato de 2019 a 2022.

Anatel

Bloqueio de celulares piratas começa hoje no Tocantins e em mais nove Estados

Mensagens foram encaminhadas aos usuários no dia 23 de setembro, 50 dias e 25 dias antes do bloqueio.

Prefeitura doa área

Implantação de indústria de vidros deve gerar 50 empregos diretos em Gurupi

A empresa já tem uma sede em Araguaína e irá expandir os negócios pelo Estado do Tocantins.

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.