Palmas

Parque Tecnológico do Tocantins custará cerca de R$ 18 milhões e ficará em área privilegiada

Parque será implantado à margem do Lago de Palmas, na NS-15, próximo ao Shopping.

Por Redação 608
Comentários (0)

28/02/2020 09h04 - Atualizado há 6 meses
Apresentação do projeto foi feita pelo presidente da FAPT, Márcio Silveira

O governador Mauro Carlesse recebeu, na tarde desta quinta-feira (27), o projeto do Parque Tecnológico do Tocantins que deverá ser implantado em Palmas.

A apresentação do projeto foi feita no gabinete do governador pelo presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Tocantins (FAPT), Márcio Silveira, e pelos diretores da Fundação Centros de Referências em Tecnologias (Certi), Leandro Cariani e Marcus Dias.

O Parque Tecnológico será implantado em área privilegiada da Capital, à margem do Lago de Palmas, na NS-15, próximo ao Shopping Capim Dourado, da Universidade Estadual do Tocantins (Unitins) e da Universidade Federal do Tocantins (UFT).

A expectativa do Governo do Estado é implantar um espaço para reunir empresas, universidades e poder público com o objetivo de promover a cultura da inovação para trazer mais desenvolvimento.

Márcio Silveira ressaltou que o governador vê a implantação do Parque Tecnológico como uma importante ferramenta para o desenvolvimento sustentável, econômico e social, respeitando o meio ambiente.

Ele explicou que o projeto do parque foi desenvolvido exclusivamente para o Tocantins, visando reunir o setor produtivo e a academia em torno do desenvolvimento de tecnologias.

Segundo o presidente da FAPT, o próximo passo será discutir o modelo jurídico e a captação de recursos para iniciar a implantação do parque, que está estimada em R$ 18 milhões, incluindo o Centro de Inovações. “Nós apresentamos um modelo único, porque nós vivemos em uma região completamente diferente, de transição entre o cerrado, floresta amazônica e semiárido, que tem uma vocação específica. Portanto, é um projeto muito interessante, que vai despertar interesse do setor empresarial, bem como de pesquisadores e das universidades”, explicou Márcio Silveira.

O governador Mauro Carlesse é um entusiasta da iniciativa e acredita que o Parque Tecnológico do Tocantins será uma importante iniciativa para promover o desenvolvimento da região, com respeito ao meio ambiente. “Vamos estudar a melhor forma de dar o pontapé inicial para implantação desse parque. É um projeto viável e temos todo o interesse que seja implantado para desenvolver o Estado e gerar emprego para o povo”, disse.

Próximo passo será discutir o modelo jurídico e a captação de recursos
Encontro ocorreu na tarde desta quinta-feira, 27

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.