Região sul

Polícia identifica três suspeitos que se passavam por clientes para furtar lojas em Palmas

Adolescente de apenas 15 anos é uma integrante do trio suspeito.

Por Redação
Comentários (0)

12/01/2021 15h22 - Atualizado há 3 meses
Produtos recuperados

A Polícia Civil recuperou, nesta segunda-feira (11), vários produtos supostamente furtados por pessoas que se passavam por clientes e agiam em estabelecimentos comerciais localizados na região sul de Palmas.

De acordo com o delegado Guilherme Rocha Martins, um homem de 40, um jovem de 18 e uma adolescente de 15 anos são suspeitos de praticar os furtos. Todos foram localizados e conduzidos à delegacia para prestar esclarecimentos.

A ação foi deflagrada logo depois que os investigadores foram informados de que alguns suspeitos entraram em lojas na Avenida Tocantins, em Taquaralto e Avenida I, no Jardim Aureny III.

Com a ajuda das imagens de câmeras de segurança, os policiais civis intensificaram as investigações e conseguiram identificar os três suspeitos.

Modus Operandi  

Conforme o delegado, o grupo tinha um padrão determinado para agir. Enquanto a adolescente fingia ser uma potencial compradora e distraía os vendedores, seus comparsas, sendo que o mais velho de 40 anos fingia ser seu pai, pegava os objetos e entregava para o jovem de 18 anos, o qual carregava uma caixa grande consigo e colocava os objetos dentro.

Logo depois da ação, eles saíam da loja normalmente e iam embora com os itens subtraídos dentro da caixa.

Os objetos serão devolvidos aos seus verdadeiros proprietários logo após a perícia, mas as investigações terão continuidade para que a Polícia Civil possa desvendar todos os detalhes dos crimes.

Como não mais estavam em situação de flagrância, os três suspeitos foram ouvidos e liberados para que possam responder aos devidos processos em liberdade.

Ao final das investigações, que ainda se encontram em andamento, vamos determinar a extensão dos crimes cometidos, sendo que, além dos furtos, os dois indivíduos maiores de idade podem ainda ser responsabilizados por outros tipos de ilícitos”, ponderou o delegado Guilherme Rocha. 

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.