Tocantins

Prefeito e filha ficam na mira do MPTO após caminhão de prefeitura despencar de ponte

Acidente ocorreu em maio de 2020. Caminhão é da Prefeitura de Novo Acordo.

Por Redação 1.860
Comentários (0)

18/09/2020 18h35 - Atualizado há 1 mês
Caminhão tombado na ponte

Um inquérito foi instaurado pelo Ministério Público do Tocantins (MPTO) para investigar se o caminhão da Prefeitura de Novo Acordo que caiu de uma ponte de madeira estaria ou não a serviço da filha do prefeito Elson Lino de Aguiar.

O acidente ocorreu em maio deste no município vizinho de Rio Sono. Na época, moradores denunciaram à imprensa que o caminhão estava transportando materiais de construção para a fazenda que pertence à filha do gestor municipal. Um vídeo gravado na ocasião mostra a ponte destruída e o caminhão tombado. 

O inquérito é assinado pela promotora de justiça Renata Castro Rampanelli e foi instaurado no dia 16 de setembro. Ela ressalta que veículos oficiais destinam-se exclusivamente ao serviço público do órgão a que estejam vinculados e o uso indevido constitui desvio de finalidade e ato de improbidade administrativa.

VÍDEO

Vídeo

PREFEITURA NEGOU

Na época do acidente, a Prefeitura de Novo Acordo negou a denúncia, disse que o caminhão estava auxiliando um produtor e que existia um termo de parceria entre os municípios.

A prefeitura informou também que a sede do município de Rio Sono fica a 98 km de distância da região, fazendo com que a população recorra ao município de Novo Acordo, que faz divisa com Rio Sono e onde fica o povoado de Novo Horizonte.

O inquérito está disponível aqui.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.