Peixe

Produção da Tilápia pode expandir negócios do Tocantins para o mercado internacional

O Brasil é o quarto maior produtor de tilápias do mundo com uma produção.

Por Redação 2.873
Comentários (0)

04/02/2019 21h11 - Atualizado há 7 meses
A liberação para criação do peixe Tilápia no Tocantins vai impulsionar os negócios

A liberação para criação do peixe Tilápia no Tocantins vai impulsionar os negócios que os cultivadores vão fazer no mercado internacional, já que a espécie é uma das consumidas no mundo. De acordo com a Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Aquicultura, o Estado produzirá tilápias tanto para o mercado local, como para o nacional e o internacional.

Segundo levantamento da secretaria, o Brasil é o quarto maior produtor de tilápias do mundo com uma produção de 357 mil toneladas, porém este produto ainda é praticamente absorvido pelo mercado nacional. Com a produção em ascensão, os Estados Unidos, que importaram, em 2016, US$ 1 bilhão, além da União Europeia, América Latina e África, podem absorver parte da produção.

Para fomentar esses negócios, o Governo do Estado está empenhado em consolidar a cadeia produtiva da piscicultura, e procurando fazer com que, tanto o produtor do peixe tenha condições de ter acesso ao melhoramento genético da espécie e da compra da ração, como também que as indústrias possam fazer o processamento do peixe aqui no Estado, aproveitando a logística e os canais de distribuição existentes.

Além disso, a pasta da Agricultura, Pecuária e Aquicultura informou que a intenção do governador Mauro Carlesse é adquirir uma câmara fria que vai melhorar as condições de exportação de congelados, principalmente da tilápia. O Governo também está estudando uma forma de conceder incentivos fiscais para o setor, buscando dessa forma fomentar toda a cadeia no Estado.

Logística

O Tocantins possui uma plataforma logística bem estruturada com a Ferrovia Norte-Sul, que já está operando de Porto Nacional até o Porto de Itaqui (MA), que futuramente será mais uma via de mobilidade para o escoamento de grandes mercados nacional e internacional. Atualmente, o trecho entre Açailândia (MA) e Porto Nacional (TO), que possui 720 km, está totalmente operacional.

No mês de janeiro deste ano, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, anunciou, em um vídeo publicado nas redes sociais do ministério, que o governo federal planeja lançar três novas concessões de ferrovias até o início de 2020. O primeiro trecho a ser concedido, em março, deverá ligar Porto Nacional, no Tocantins, a Estrela D’Oeste, em São Paulo, integrando uma conexão entre os portos de Itaqui (MA) e Santos (SP).

Além disso, o Tocantins também possui, na capital do Estado, um aeroporto que conta com completa infraestrutura, tendo capacidade para operar aeronaves do porte do Boeing 767. O local opera com a movimentação de carga nacional, além da possibilidade de expandir as operações para importação e exportação.

Em dezembro de 2018, o governador Mauro Carlesse se reuniu com empresários do setor aéreo e garantiu que o Governo vai ampliar incentivos para que as companhias diversifiquem seus voos para capitais e regiões do país, principalmente em voos diretos para o Nordeste e também Manaus, que possui voos internacionais e poderia viabilizar a exportação do pescado.

Embrapa Pesca e Aquicultura e Aquabel

Além dos negócios que o Tocantins pode fomentar na área da Piscicultura, o Estado também conta com uma unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) voltada exclusivamente para conhecimento e tecnologias da pesca e aquicultura, e para atuar regionalmente desenvolvendo soluções voltadas à produção agrícola em sistemas integrados.

A unidade de Palmas existe desde 2009, operando com cerca de 90 empregados, e tem a missão de viabilizar soluções tecnológicas para sustentabilidade e competitividade da aquicultura, da pesca e dos sistemas agropecuários, em benefício da sociedade brasileira.

Além da Embrapa, também está instalada no Tocantins a maior empresa de genética do mundo, que é a Aquabel, integrante do Ew Group, proprietária de alguma das marcas mundiais mais importantes em genética animal, como a Genomar (tilápia do Nilo). A empresa está situada no município de Brejinho de Nazaré, que fica a cerca de 110 km da Capital.

(Jesuino Santana Jr.)

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.