A partir de março

Promotoria abre investigação sobre cobrança da taxa de lixo na fatura de água em Araguaína

A nova modalidade de cobrança foi anunciada pela prefeitura nesta semana.

Por Agnaldo Araujo 1.347
Comentários (0)

15/02/2020 10h55 - Atualizado há 1 mês
Coleta de lixo

A 5ª Promotoria de Justiça de Araguaína abriu uma investigação para apurar possíveis irregularidades oriundas da cobrança da taxa de coleta de lixo diretamente na fatura de água e esgoto da BRK Ambiental.

A nova modalidade de cobrança foi anunciada pela prefeitura nesta semana e passa a valer a partir de março, com a possibilidade de parcelamento em até 10 vezes. O sistema tradicional de pagamento por boleto foi mantido.

Para a promotoria, a cobrança feita na conta de água pode ocasionar prejuízos futuros aos direitos dos consumidores, caso eles não queiram a inclusão da taxa em decorrência de interrupção do serviço de fornecimento de água.

O procedimento de investigação foi instaurado nesta quarta-feira, 12 de fevereiro, pelo promotor de justiça Leonardo Gouveia Olhe Blanck.

O promotor requisitou da Secretaria Municipal da Fazenda de Araguaína informações atualizadas acerca das medidas adotadas pelo Município para evitar que a decisão de arrecadar a taxa na fatura de água ocasione lesão aos direitos dos consumidores.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.