Araguaína

'Se tem alguém que é serviçal do prefeito, não sou eu', rebate presidente da Câmara

Anteriormente, um vereador disse que a Câmara obedece ordens do prefeito.

Por Redação 1.036
Comentários (0)

09/11/2018 10h52 - Atualizado há 3 meses
Ferreirinha é presidente da Câmara de Araguaína

O presidente em exercício da Câmara Municipal de Araguaína, José Ferreira Barros Filho, o Ferreirinha (MDB), reagiu à declaração polêmica do vereador Carlos Silva (PSDC) de que a Casa de Leis obedece às ordens do prefeito Ronaldo Dimas.  

Silva fez a crítica após a Câmara aprovar um projeto de lei que faz alterações no Código Tributário e cria um pacote de novas taxas que chegam a R$ 1,5 mil por mês.

Ferreirinha disse que o projeto tramitou normalmente e não houve interferência do Poder Executivo. "Não recebi telefonema de ninguém e não estou a serviço de ninguém. Não sou menino de recado e nem obedeço ordens”, disparou Ferreirinha.

O presidente explicou que o projeto entrou na pauta de votação na segunda-feira (5), mas voltou à Comissão de Justiça e Redação para emitir parecer sobre uma emenda do vereador Carlos Silva. Segundo Ferreirinha, embora o prazo fosse de até 10 dias, o projeto poderia voltar à pauta assim que o parecer fosse concluído.  

"Como o presidente da Comissão pediu para devolver o projeto, pois já tinha emitido o parecer, colocamos em votação. Tudo dentro da normalidade. Votou dentro do prazo legal. Quando se fala até 10 dias, pode ser um dia, dois dias...”, explicou.

Para Ferreirinha, o colega foi “deselegante com os companheiros”. “Se tem alguém que é serviçal do prefeito, não sou eu. Enquanto presidente eu cumpro o Regimento Interno”, arrematou.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.