Emendas impositivas

Segurança Pública espera receber R$ 84 milhões; verba vai contemplar Araguaína

Por Redação AF
Comentários (0)

04/04/2017 22h07 - Atualizado há 1 semana
A crescente necessidade de investimentos em estrutura na área da Segurança Pública levou os parlamentares da bancada do Tocantins no Congresso Nacional a destinar, ao setor, parte dos recursos da emenda impositiva de bancada prevista no Orçamento 2017. Nesta terça-feira (4) parlamentares e gestores do governo Estadual se reuniram com o ministro da Justiça, Osmar Serraglio, para apresentar as demandas nas quais o Governo do Tocantins pretende investir a verba de R$ 84,6 milhões. Na audiência, ficou definido que o recurso será destinado a investimentos na estruturação das três corporações policiais do Tocantins – Polícia Civil, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar – visando dar melhores condições de trabalho e garantia de mais eficiência na atuação em prol da segurança da população. Parte dos recursos também será investido no sistema de monitoramento de segurança pública dos municípios de Araguaína, Gurupi e Porto Nacional. O ministro informou que está aguardando apenas definição da área econômica do governo sobre os cortes orçamentários para tomar as providências necessárias para a celebração do convênio e a liberação dos recursos. “Teremos alguns cortes, mas certamente o resultante ainda será muito expressivo. A união da bancada fez com que essa força fosse direcionada para uma necessidade imediata que é instrumentalizar a força de segurança, para, de alguma forma, debelar essa onda de crimes que não só o Tocantins, mas o Brasil inteiro vem sofrendo”, afirmou o ministro. Participantes Estavam presentes o senador Vicentinho Alves (PR); os deputados federais, Vicentinho Junior e Lázaro Botelho (PP); as deputadas federais, Josi Nunes (PMDB) e Dulce Miranda; o prefeito de Gurupi, Laurez Moreira; o secretário de Estado da Segurança Pública do Tocantins, Carlos Simoni; o chefe do Escritório de Representação do Tocantins em Brasília, Renato Assunção; o chefe do Estado Maior da Polícia Militar do Tocantins, coronel Edivam Jesus Silva; e o chefe do Estado Maior do Corpo de Bombeiros Militar do Tocantins, coronel Reginaldo Leandro Silva.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.