Polêmica

Tiago Dimas avalia como positivo leilão da BR-153, mas critica Carlesse: 'faltou espírito público'

No Tocantins será duplicado um trecho de pouco mais de 170 km.

Por Arnaldo Filho 537
Comentários (0)

30/04/2021 14h38 - Atualizado há 1 ano
Deputado federal Tiago Dimas é o líder da bancada tocantinense no Congresso

O líder da bancada federal do Tocantins, deputado Tiago Dimas (SD), classificou como ‘satisfatório’ o resulto do leilão para concessão da BR-153 entre Aliança (TO) e Anápolis (GO), que ocorreu nesta quinta-feira (29) na B3, em São Paulo.

O Consórcio Eco-153 ofertou lance de R$ 1,28 bilhão, sendo que R$ 320 milhões serão pagos ao Governo Federal a título de outorga, e R$ 960 milhões aplicados na Conta de Aporte da concessão, permitindo que sejam aceleradas as obras no Tocantins, no trecho de 173 km que vai de Aliança até a divisa com Goiás. A concessão terá duração de 35 anos.

A bancada federal afirmou que o resultado do leilão foi positivo e, agora, espera que o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, e a ANTT (Agência Nacional de Transporte Terrestre) cumpram a recomendação do TCU (Tribunal de Contas da União) e coloquem os investimentos do Tocantins em contrato.

Além da recomendação, o próprio ministro fez essa proposta ao coordenador da bancada deputado federal Tiago Dimas (Solidariedade-TO) em reunião-almoço no dia 14 de abril.

“O resultado do leilão foi satisfatório. O que esperamos agora é que previsão de investimentos compensatórios no Tocantins seja feita em contrato o quanto antes, pois os tocantinenses precisam ter uma garantia de que o compromisso será cumprido”, salientou Tiago Dimas.

A recomendação do TCU, inclusive, fez parte de todas as falas do ministro durante o leilão, que garantiu que será sim cumprida. “Nós temos R$ 960 milhões presos ao projeto, então dá para fazer todo o investimento que foi combinado (no Tocantins) e sobra um bocado para as melhorias”, disse o ministro ao ser questionado no leilão.

CRÍTICA AO GOVERNADOR

Apesar do resultado positivo ao Tocantins, o líder da bancada disse que os congressistas lamentam a 'falta de espírito público' do governador Mauro Carlesse (PSL).

Segundo a nota do deputado Tiago Dimas, Carlesse atacou a representação feita pela bancada federal ao TCU, mas esta foi fundamental para o desfecho positivo da questão.

“Antes de o tema ser levado à tona pela bancada, o governo do Estado só havia se manifestado em 2019. Mesmo após o edital vir a público, somente a bancada federal levou adiante o tema na imprensa, no TCU e na ANTT para buscar soluções em defesa dos tocantinenses”, critica a nota enviada à imprensa pela assessoria do deputado Tiago Dimas.

GOVERNADOR COMENTA LEILÃO

O governador Mauro Carlesse (PSL) acompanhou o leilão em São Paulo ao lado do Ministro Tarcísio Freitas.

“Eu sou um grande entusiasta e defensor dessa parceria público-privada, porque acredito que bons projetos como esse desoneram o poder público, geram mais qualidade na infraestrutura das rodovias, além de emprego e renda para a população. Graças a Deus, o Tocantins foi o mais beneficiado, porque conseguimos fazer com que o dinheiro fosse investido por igualdade entre os estados do Tocantins e de Goiás. Quero agradecer ao senador Eduardo Gomes, ao deputado Carlos Gaguim e ao ministro Tarcísio pelo esforço que eles fizeram e o resultado está aí. Graças a Deus, em breve, a BR-153 será duplicada até o município de Aliança”, destacou o Governador.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.