Economia

Tocantins é um dos melhores estados para abrir e manter um negócio, diz Banco Mundial

Os dados fazem parte de estudo do Banco Mundial.

Por Redação 1.085
Comentários (0)

17/06/2021 10h40 - Atualizado há 5 meses
Avenida comercial

O Tocantins está na 6ª posição entre os estados brasileiros onde é mais fácil abrir e manter um negócio. Considerando apenas a região Norte, o estado aparece na segunda posição.

Os dados fazem parte do “Doing Business Subnacional Brasil 2021”, estudo do Banco Mundial, divulgado nessa terça-feira (15).

O relatório analisou "boas práticas" e "obstáculos regulatórios" em todos os 26 estados e o Distrito Federal. Os critérios avaliados foram tempo, procedimento e custos para abertura de empresas, obtenção de alvará de construção, registro de propriedades, pagamento de impostos e execução de contratos. Para a realização desta análise, foram utilizados dados até 1º de setembro de 2020, apenas das capitais dos estados.

Menos burocracia

Para o secretário de Estado da Indústria, Comércio e Serviços (Sics) e presidente da Agência de Mineração do Estado do Tocantins (Ameto), Tom Lyra, os bons resultados do Tocantins na abertura e manutenção de novos negócios são reflexo dos esforços da atual gestão em facilitar a chegada de novos empreendedores ao Estado.

“Nosso objetivo é atrair os empresários de todo o país e também fomentar a manutenção das empresas aqui instaladas”, conclui.

De acordo com a presidente da Junta Comercial do Estado do Tocantins, Thaís Coelho, o resultado positivo foi conquistado graças ao empenho de todo o governo. “Nós temos como missão ter em nosso estado um ambiente para negócios dinâmico e desburocratizado. Nós, bem como todos as pastas do governo responsáveis pela economia, estamos trabalhando em sintonia”, explica.

“Queremos conquistar o primeiro lugar, por isso mesmo já estamos em fase avançada de estudo para trazer novidades que tornem o registro empresarial ainda mais fácil”, complementa a presidente.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.