Estado

Tocantins possui 3.095 pessoas vivendo com HIV/Aids e Saúde faz grande campanha em dezembro

Em 2019 foram notificados 254 casos de HIV e 50 casos de Aids.

Por Redação 1.552
Comentários (0)

01/12/2019 18h59 - Atualizado há 5 dias
Os testes rápidos estão disponíveis nas Unidades Básicas de Saúde

Em 1º de dezembro é celebrado o Dia Mundial de Luta Contra a Aids e o Tocantins começa este mês com uma grande campanha de conscientização. Todos os anos, desde 1988, os serviços de saúde ressaltam a importância da prevenção desta e das doenças sexualmente transmissíveis (DST).

Em 2019, a campanha estadual vem com o slogan “Cuide bem de você, faça o teste do HIV. Use camisinha!”, com objetivo de destacar a importância da testagem rápida do HIV, disponível nas unidades de saúde, como também o uso do preservativo.

O Tocantins possui 3.095 pessoas vivendo com HIV/Aids em tratamento, distribuídos nos Serviços de Assistência Especializada (SAE). Em 2019 foram notificados 254 casos de HIV e 50 casos de Aids, em 2018 foram 396 casos de HIV e 73 casos de Aids.  

A responsável pela área técnica de Doenças Sexualmente Transmissíveis e Hepatites Virais, Caroline Costa da Luz, informou que além da prevenção da Aids, a  campanha também aproveita para divulgar a acessibilidade aos testes rápidos na rede pública de saúde, na qual o Estado vem promovendo a formação de novos profissionais habilitados nos municípios para realização da técnica que permite, tanto o diagnóstico do HIV, quanto a avaliação para sífilis e hepatites virais B e C, nas Unidades Básicas de Saúde.

“Os testes rápidos estão disponíveis nas Unidades Básicas de Saúde da maioria dos municípios do Estado e nos Serviços de Assistência Especializada – SAE (Araguaína, Palmas, Paraíso do Tocantins, Porto Nacional e Gurupi), Centros de Testagem e Aconselhamento – CTA (Araguaína e Palmas)”, disse Caroline.

A técnica explicou ainda que as ações da campanha estão pautadas no incentivo aos municípios a ofertarem testes-rápidos à população, distribuição de preservativos, palestras educativas e divulgação nas redes sociais e veículos de comunicação.

A Secretaria da Saúde também está com incentivo à iluminação de prédios públicos (conforme a Lei nº 13.504 de 07 de novembro de 2017, que institui a Campanha Nacional de Prevenção ao HIV/Aids e outras Infecções Sexualmente Transmissíveis).

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.