Saúde em debate

Artigo: A conexão entre ansiedade e odontologia: como cuidar do sorriso e da saúde mental

Profissionais dão dicas para controlar a ansiedade dos pacientes.

Por Colaboração do leitor
Comentários (0)

15/05/2024 17h15 - Atualizado há 1 semana
Cirurgiã-dentista Jailce Alves e psicóloga Smithiane Ribeiro

Notícias do Tocantins - Neste artigo, a cirurgiã-dentista Jailce Alves e a psicóloga Smithiane Ribeiro de Almeida tratam sobre a relação entre ansiedade e odontologia, oferecendo métodos para superar esses desafios e promover um sorriso saudável e uma mente tranquila.

Para muitos, visitar o dentista pode desencadear sentimentos de ansiedade e estresse, afetando não apenas a experiência odontológica, mas também a saúde mental e bucal a longo prazo.

A ansiedade pode impactar a saúde bucal de várias maneiras, onde pacientes ansiosos evitam consultas odontológicas, aumentando os problemas não tratados, como cáries e doenças periodontais. Além do que, a ansiedade pode ocasionar fratura dental, bruxismo e apertamento, levando a uma exacerbada tensão muscular.

Há várias estratégias que podem ajudar a reduzir a ansiedade relacionada à odontologia, como a comunicação aberta e transparente entre o paciente e o dentista. Discutir medos e preocupações antes do tratamento pode ajudar a criar um ambiente de apoio e compreensão, técnicas de relaxamento, como a respiração profunda e a visualização, podem ser eficazes para acalmar os nervos antes e durante o tratamento dentário.

Muitos consultórios odontológicos também oferecem opções de conforto, como música que o paciente mais gosta de ouvir, aromaterapia e sedação consciente, para ajudar os pacientes a se sentirem mais relaxados e confortáveis durante os procedimentos.

Vivemos em um ritmo muito acelerado e cuidar da saúde mental é imprescindível, cuidar da saúde mental irá refletir na saúde geral do paciente, não apenas na área odontológica, mas no paciente como um todo.

Buscar apoio profissional, como terapia cognitivo-comportamental, também pode ser benéfico para lidar com a ansiedade e desenvolver habilidades de enfrentamento saudáveis.

Ao reconhecer a importância da saúde mental na saúde bucal, podemos trabalhar juntos para criar um ambiente odontológico mais acolhedor e acessível para todos.

_____________________

Cirurgiã-dentista Jailce Alves | Pós-graduada em Periodontia, Plástica Gengival e Laserterapia na Odontologia. CRO/TO 3997

Smithiane Ribeiro de Almeida | Psicóloga. CRP 23.002999

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.