Orgulho

De Araguaína, duo Anavitória conquista Grammy Latino pela 3ª vez e em duas categorias

Melhor canção em língua portuguesa e melhor álbum pop contemporâneo.

Por Joselita Matos | Conteúdo AF Notícias 1.827
Comentários (0)

19/11/2021 09h02 - Atualizado há 1 semana
A dupla de Araguaína recebendo uma das premiações no Grammy Latino 2021

A cerimônia de premiação do Grammy Latgino 2021 foi realizada na noite desta quinta-feira (18/11) no MGM Grand Garden Arena, em Las Vegas. Pela terceira vez, o duo Anavitória ganhou esse importante prêmio da música latina, desbancando Duda Beat, Nando Reis, Vitor Kley, Fernanda Takay e Tuyo.

As cantoras de Araguaína (TO) foram premiadas nas duas categorias que concorriam: melhor canção em língua portuguesa, por "Lisboa", e melhor álbum pop contemporâneo por "Cor". Detalhe, Anavitória tem todos seus discos nomeados ao Grammy Latino, desde o início da carreira.

COR

O disco ‘COR’ foi lançado no dia 1º de janeiro de 2021. Faz parte do álbum o hit ‘Amarelo, Azul e Branco’, que conta com participação especial da rainha do rock nacional, Rita Lee. 'Cor' é o primeiro disco lançado pelo selo próprio da dupla, a gravadora Anavitória Artes.

HISTÓRICO DE ANAVITÓRIA NO GRAMMY LATINO

Em 2017, a dupla conquistou seu primeiro troféu na premiação com o single “Trevo (Tu)”, considerada a Melhor Canção em Língua Portuguesa. O primeiro álbum, 'Anavitória', foi indicado, mas não ganhou. Em 2018, o duo foi premiado na categoria Melhor Álbum Pop Contemporâneo em Língua Portuguesa por “O Tempo É Agora”, produzido por Moogie Canazio e Tiago Iorc.

“N”, terceiro disco da dupla, recebeu uma nomeação a Melhor Álbum Pop Contemporâneo em Língua Portuguesa em 2020. Mas o prêmio foi para Céu com “APKÁ!”. “Cor”, o quarto álbum, rendeu a quarta indicação na mesma categoria. 

PERFIL DA DUPLA

Anavitória é um duo musical brasileiro formado em 2014 por Ana Clara Caetano Costa (Goiânia, 5 de outubro de 1994) e Vitória Fernandes Falcão (Araguaína, 2 de maio de 1995)

Ana Caetano e Vitória Falcão estudaram na mesma escola em Araguaína - TO, embora na época ainda não cantassem. Em 2013, já universitárias – Ana cursava Medicina e Vitória, Direito –, passaram a gravar vídeos interpretando canções de seus artistas favoritos, assinando ainda com seus nomes separados. Em 2014, foram descobertas por Felipe Simas, após lhe enviarem um vídeo em que interpretavam a música "Um Dia Após o Outro", de Tiago Iorc, cantor cuja carreira era gerenciada, também, por Simas. Felipe logo as convidou para gravarem um EP e chamou Tiago para produzir esse trabalho, criando a gravadora independente Forasteiro. O duo foi batizado de Anavitória.

Confira abaixo a lista completa com indicados e vencedores do Grammy Latino 2021.

Vencedores do Grammy Latino 2021

Álbum do Ano

Vértigo — Pablo Alborán

Mis Amores — Paula Arenas

El Último Tour Del Mundo — Bad Bunny

Salswing! — Rubén Blades e Roberto Delgado & Orquesta

Mis Manos — Camilo

Nana, Tom, Vinícius — Nana Caymmi

Privé — Juan Luis Guerra

Origen — Juanes

Un Canto Por México, Vol. II — Natalia Lafourcade

El Madrileño — C. Tangana

Canção do Ano

“A Tu Lado” — Paula Arenas

“A Veces” — Diamante Eléctrico

“Agua” — Tainy & J Balvin

“Canción Bonita” — Carlos Vives & Ricky Martin

“Dios Así Lo Quiso” — Ricardo Montaner & Juan Luis Guerra

“Hawái” — Maluma

“Mi Guitarra” — Javier Limón, Juan Luis Guerra & Nella

“Patria y Vida” — Yotuel, Gente De Zona, Descemer Bueno, Maykel Osorbo & El Funky

“Que Se Sepa Nuestro Amor” — Mon Laferte & Alejandro Fernández

“Si Hubieras Querido” — Pablo Alborán

“Todo De Ti” — Rauw Alejandro

“Vida De Rico” — Camilo

Gravação do Ano

“Si Hubieras Querido” — Pablo Alborán

“Todo De Ti” — Rauw Alejandro

“Un Amor Eterno (Versión Balada)” – Marc Anthony

“A Tu Lado” — Paula Arenas

“Bohemio” — Andrés Calamaro & Julio Iglesias

“Vida de Rico” — Camilo

“Suéltame, Bogotá” — Diamante Eléctrico

“Amém” — Ricardo Montaner, Mau y Ricky, Camilo, Evaluna Mountaner

“Dios Así Lo Quiso” — Ricardo Montaner & Juan Luis Guerra

“Te Olvidaste” — C. Tangana & Omar Apollo

“Talvez” — Caetano Veloso & Tom Veloso

Melhor Artista Revelação

Giulia Be

María Becerra

Bizarrap

Boza

Zoe Gotusso

Humbe

Rita Indiana

Lasso

Paloma Mami

Marco Mares

Juliana Velásquez

Melhor Álbum Pop Vocal

Dios Los Cría” — Andrés Calamaro

“Mis Manos” — Camilo (vencedor)

“Munay” — Pedro Capó

“K.O” — Danna Paola

“De México” — Reik

Melhor Álbum Pop Vocal Tradicional

“Vértigo” — Pablo Alborán

“Mis Amores” — Paula Arenas

“Privé” — Juan Luis Guerra (vencedor)

“Doce Margaritas” — Nella

“Atlántico a Pie” — Diego Torres

Melhor Canção Pop

“Adiós” — Sebastián Yatra

“Ahí” — Nella

“Canción Bonita” — Carlos Vives & Ricky Martin

“La Mujer” — Mon Laferte & Gloria Trevi

“Vida de Rico” — Camilo (vencedor)

Melhor Fusão/Interpretação Urbana

“El Amor es una Moda” — Alcover, Juan Magan & Don Omar

“Tattoo (Remix) — Rauw Alejandro & Camilo (vencedor)

“Nathy Peluso: BZRP Music Sessions, Vol. 36” — Bizarrap & Nathy Peluso

“Diplomatico” — Major Lazer Featuring Guaynaa

“Hawái (Remix) — Maluma & The Weeknd

Melhor Interpretação Reggaeton

“Tu Veneno” — J. Balvin

“La Tóxica” — Farruko

“Bichota” — Karol G

“Caramelo” — Ozuna

“La Curiosidad” —Jay Wheeler, DJ Nelson & Myke Towers

Melhor Canção “Urban”

“A Fuego” — Farina

“Agua” — Tainy & J Balvin

“Dákiti” — Bad Bunny & Jhay Cortez

“La Curiosidad” — Jay Wheeler, DJ Nelson & Myke Towers

“Patria Y Vida” — Yotuel, Gente De Zona, Descemer Bueno, Maykel Osorbo, El Funky (vencedor)

Melhor Álbum de Música “Urban”

“Goldo Funky” — Akapellah

“El Último Tour Del Mundo” — Bad Bunny

“Monarca” — Eladio Carrion

“ENOC” — Ozuna

“Lyke Mike” —Myke Towers

Melhor Canção Rap/Hip Hop

“Booker T” — Bad Bunny (vencedor)

“Condenados” — Akapellah

“La Vendedora de Placer” — Lito MC Cassidy

“Sana Sana” — Nathy Peluso

“Snow Tha Product: BZRP Music Sessions” – Bizarrap, Snow Tha Product

Melhor Canção em Língua Portuguesa

“A Cidade” — Chico Chico e João Mantuano

“Amores e Flores”— Melim

“Espera a Primavera” — Nando Reis

“Lágrimas de Alegria” — Maneva & Natiruts

“Lisboa” — Anavitória e Lenine (vencedor)

“Mulheres Não Têm que Chorar” — Ivete Sangalo & Emicida

Melhor Álbum de Pop Contemporâneo em Língua Portuguesa

“Cor” — Anavitória (vencedor)

“A Bolha” — Vitor Kley

“Duda Beat & Nando Reis” — Duda Beat e Nando Reis

“Será que Você Vai Acreditar?” — Fernanda Takai

“Chegamos Sozinhos em Casa” — Tuyo

Melhor Álbum de Rock ou de Música Alternativa em Língua Portuguesa

“Álbum Rosa” — A Cor do Som (vencedor)

“Emidoinã” — André Abujamra

“Oxeaxeexu” — BaianaSystem

“Assim Tocam Meus Tambores” — Marcelo D2

“Fôlego” — Scalene

“O Bar me Chama” — Velhas Virgens

Melhor Álbum de Samba/Pagode

“Rio: Só Vendo a Vista” — Martinho Da Vila

“Sempre Se Pode Sonhar” — Paulinho da Viola (vencedor)

“Nei Lopes, Projeto Coisa Fina e Guga Stroeter no Pagode Black Tie” — Nei Lopes, Projeto Coisa Fina e Guga Stroeter

“Samba de Verão” — Diogo Nogueira

“Onze (Músicas inéditas de Adoniran Barbosa)” — Vários Artistas

Melhor Álbum de Música Popular Brasileira

“Canções D’Além Mar” — Zeca Baleiro (vencedor)

“H.O.J.E” — Delia Fischer

“Tempo de Viver” — Thiago Holanda

“Bom Mesmo É Estar Debaixo D’Água” — Luedji Luna

“Do Meu Coração Nu” — Zé Manoel

Melhor Álbum de Música Sertaneja

“Tempo de Romance” — Chitãozinho e Xororó (vencedor)

“Daniel em Casa” — Daniel

“Patroas” — Marília Mendonça, Maiara & Maraísa

“Conquistas” — Os Barões da Pisadinha

“Pra Ouvir no Fone” — Michel Teló

Melhor Álbum de Música de Raízes em Língua Portuguesa

“Sambadeiras” – Luiz Caldas

“Do Coração” – Sara Correia

“Orin A Língua dos Anjos” – Orquestra Afrosinfônica

“Eu e Vocês” – Elba Ramalho

“Arraiá da Veveta” – Ivete Sangalo (vencedor)

Melhor Álbum de Rock

“Curso de Levitación Intensivo” — Bunbury

“Control” — Caramelos De Cianuro

“Los Mesoneros Live Desde Pangea” — Los Mesoneros

“Luz” — No Te Va Gustar

“El Pozo Brillante” — Vicentico (vencedor)

Melhor Canção de Rock

“Ahora 1” — Vicentico (vencedor)

“Distintos” — De La Tierra

“El Sur” — Love Of Lesbian Featuring Bunbury

“Hice Todo Mal” — Las Ligas Menores

“Venganza” — No Te Va Gustar y Nicki Nicole

Melhor Álbum Pop/Rock

“Mira Lo que Me Hiciste Hacer” — Diamante Eléctrico

“Mis Grandes Éxitos” —Adan Jodorowsky & The French Kiss

“Origen” — Juanes (vencedor)

“V. E. H. N.” — Love Of Lesbian

“El Reflejo” — Rayos Laser

Melhor Canção Pop/Rock

“A Veces” — Diamante Eléctrico.

“Cosmos (Antisistema Solar)” — Love Of Lesbian

“El Duelo” — Zoé

“Ganas” — Zoe Gotusso

“Hong Kong” — C. Tangana & Andrés Calamaro (vencedor)

Melhor Álbum de Música Alternativa

“KICK I” — Arca

“Tropiplop” — Aterciopelados

“Cabra” — La Casa Del Sombrero

“Un Segundo MTV Unplugged” — Café Tacvba

“Calambre” — Nathy Peluso (vencedor)

Melhor Álbum Instrumental

“Toquinho e Yamandu Costa – Bachianinha” – Toquinho e Yamandu Costa (vencedor)

“Entretiempo y Tiempo” – Omar Acosta e Sergio Menem

“Cristóvão Bastos e Rogério Caetano” – Cristóvão Bastos e Rogério Caetano

“Canto Da Praya – Ao Vivo” – Hamilton De Holanda e Mestrinho

“Le Petit Garage (Live)” – Ara Malikian

 

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.