Centro de Reabilitação

Empreendedor que perdeu movimentos do corpo após mergulho ganha cadeira de rodas motorizada

Cadeira é moderna e possui autorização da ANAC para ser transportada em aviões.

Por Redação 917
Comentários (0)

24/04/2024 10h38 - Atualizado há 1 mês
Dione Alves recebeu todo o apoio da terapeuta ocupacional para aprender a operar a nova cadeira de rodas

Notícias do Tocantins - Em 2020, a vida do empreendedor araguainense Dione Alves Dias, hoje com 32 anos, mudou drasticamente. Durante uma viagem para visitar a família, no Pará, ele mergulhou de cabeça em um rio, mas o trecho era raso e Dione fraturou a coluna cervical, paralisando praticamente todos os movimentos do seu corpo.

Depois de passar por tratamentos em Belém, o empreendedor retornou para receber atendimento no CER IV (Centro Especializado em Reabilitação) de Araguaína. Foram meses de terapia e preparo até o tão aguardado momento de receber a cadeira de rodas motorizada, a primeira unidade deste modelo entregue pela Prefeitura de Araguaína, na última semana.

“A gente tem que ter a paciência, tem que ter o entendimento que se não passar pelos profissionais, se não buscar informação, a gente não conquista nossos direitos. Muitos falam que é demorado, que não vai dar certo, que não funciona. Meu amigo, se uma pessoa que está na condição que eu estou não buscar os seus deveres primeiro, não vai garantir os seus direitos. Então eu estou muito maravilhado com esse momento e só tenho a agradecer a toda a equipe do CER pelo acolhimento”, disse Dione.

Entrega todos os meses

A cadeira motorizada é a primeira de muitas programadas para serem entregues pelo CER, uma por mês, além das mais de 30 cadeiras de rodas convencionais distribuídas para pacientes todos os meses. O prefeito Wagner Rodrigues esteve presente na entrega da cadeira motorizada para Dione e fez questão de ressaltar que os bons serviços prestados pelo Centro são resultado da responsabilidade que a Prefeitura de Araguaína tem com a saúde.

“A Lei Federal diz que temos que investir 15% do orçamento total do Município na saúde, mas, ano após ano, nós estamos aumentando esse valor e já chegamos a 40% do orçamento colocado na saúde. A partir de agora, o Dione e a família dele vão ter a rotina transformada com essa cadeira de rodas toda tecnológica, é mais liberdade, mais acessibilidade, menos dificuldades para locomoção”, contou Wagner.

Acolhimento completo

Tiago Vieira Fernandes, médico fisiatra do CER, explica que a lesão de tetraparesia do Dione dá a ele o direito de ter uma cadeira de rodas motorizada custeada pelo SUS (Sistema Único de Saúde). E que para conseguir chegar a esse momento, o paciente recebeu diversos atendimentos e avaliações.

“Nós encaminhamos o Dione para o nosso Ambulatório de Cadeira de Rodas Motorizada, onde ele passou pela psicóloga, para fazer toda uma avaliação cognitiva, pelo oftalmologista, para verificar o visual e pelo otorrinolaringologista, para ver as questões auditivas. Por fim, ele foi atendido pela terapeuta ocupacional, que ensinou o Dione a manusear esse meio de transporte da melhor maneira possível, para que ele consiga se locomover não só no ambiente domiciliar, mas no comunitário também, que ele tenha participação na sociedade, construir novas vivências com a família e amigos”.

O médico reforça que a cadeira pode ser dobrada para facilitar os deslocamentos e tem suas baterias aprovadas pela ANAC (Agência Nacional da Aviação Civil) para poder ser transportada em aviões.

Unidade de referência

Inaugurado em novembro de 2019, o CER Luiz Flávio Quinta oferece atendimentos para reabilitação física, intelectual, visual e auditiva, e tem capacidade para receber até 100 pacientes por dia. Gerido pelo Hospital de Amor, o centro possui 32 consultórios, box de terapia, fraldários adulto e infantil e refeitório, além de dois veículos adaptados para atendimento exclusivo dos pacientes.

A secretária da Saúde de Araguaína, Ana Paula Abadia, lembra que, apesar de ser uma unidade municipal, o CER é referência para 64 municípios de toda a macrorregião norte do Tocantins e destaca, ainda, que a cadeira de rodas motorizada entregue ao Dione é mais avançada do que o modelo previsto pelo SUS.

“Então temos orgulho em dizer que essa nossa gestão da saúde está trazendo benefícios para milhares de pessoas da cidade e de fora. E uma das prioridades quando abrimos o centro foi avançar com o programa de entrega das cadeiras de rodas, porque tinha gente há quase sete anos na fila de espera”, pontuou a secretária.

“Muita gente confunde, por isso a gente sempre faz questão de reforçar que o CER é um serviço da Prefeitura de Araguaína. Temos uma equipe técnica de altíssimo nível e temos que ter muito orgulho disso. E a entrega dessa cadeira de rodas motorizada, assim como tantas outras mais simples que entregamos para quem precisa, é mais uma prova que nós cuidamos das pessoas, que investimentos recursos para serviços públicos que acolhem e dão qualidade de vida para os nossos cidadãos”, destacou o prefeito Wagner Rodrigues.

O médico fisiatra do CER, Tiago Vieira, reforça que a cadeira pode ser dobrada para facilitar os deslocamentos
CER Luiz Flávio Quinta oferece atendimentos para reabilitação física, intelectual, visual e auditiva

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.