Esporte

Ex-técnico da Itália perde quase R$ 2 milhões por 'culpa' da seleção brasileira

Por Agnaldo Araujo
Comentários (0)

14/07/2016 15h21 - Atualizado há 2 anos
A edição de julho do ranking da Fifa não foi bom para Antonio Conte, que foi apresentado nesta quinta-feira (14/07) como novo técnico do Chelsea. O ex-comandante da Itália até o fim da Eurocopa poderia ter recebido 500 mil euros (R$ 1,8 milhão) como despedida da Azzurra, mas a Seleção Brasileira acabou estragando os planos do treinador. Isso porque, em seu contrato com a Azzurra, previa uma bonificação de 500 mil euros caso conseguisse melhorar a colocação da seleção italiana no ranking da Fifa em cinco posições. Conte assumiu em 2014 quando a Itália estava na 14ª colocação e deixou em décimo. E quem está na nona posição, justamente a que renderia a bolada para Conte, é o Brasil. A vantagem para os italianos é de apenas 0,44: 1155,88 contra 1155,44 da Azzurra. Na atualização do ranking, entraram os pontos da pífia campanha do Brasil na Copa América. Foram 1048,95 na vitória contra o Haiti e 561 no empate contra o Equador. Os italianos, por sua vez, atuaram em seis partidas, cinco na Eurocopa e um amistoso: venceram Finlândia, Bélgica, Suécia e Espanha, e empataram com a Alemanha nas quartas de final do torneio continental, sendo eliminados nos pênaltis. O único revés foi para a Irlanda. O Brasil perdeu duas posições (para Portugal e França) e caiu do sétimo para o nono lugar. (Fonte: Terra)

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.