Da Itália ao Brasil

Há 100 anos, Dom Orione avistava as terras brasileiras para abraçar as causas sociais

Atualmente, as obras orionitas estão espalhadas por todo o Brasil.

Por Redação
Comentários (0)

20/08/2021 16h23 - Atualizado há 2 meses
100 anos da Chegada de São Luis Orione ao Brasil

19 de agosto de 1921, dia em que Dom Orione avistou as terras brasileiras. Antes disso, no dia 4 de agosto daquele ano, Dom Orione embarcou em Genova, na Itália, rumo ao Brasil no navio 'Príncipe di Udine' em companhia dos padres Mário Ghiglione e Camilo Secco.

A travessia foi boa, a não ser no golfo do Leão onde todos sofreram com o mar agitado, especialmente o padre Camilo Secco. Então desceram em Barcelona. Dom Orione relata, através de cartas, muitas consolações e graças recebidas no decorrer da viagem.

Aos 19 de agosto escreveu a Dom Sterpi que estava avistando o Brasil, mas somente no dia seguinte, 20 de agosto, aniversário da morte de Pio X, poderiam descer. No entanto celebraram e rezaram o Te Deum de agradecimento.

Enquanto permaneceram no navio ancorado, para as formalidades, contemplavam a cidade: "O porto do Rio é um encanto; vastíssimo", e o apreciavam de tarde, de noite e de dia, e rezavam por todos.

Pela manhã, Dom Orione se levantou cedinho, rezou o ofício divino inteiro e todas as práticas de piedade. Às 10 horas, o já navio estava parado e fora do cais.

Ao desembarcar, Dom Orione foi recebido pelo Padre Ângelo de Paoli e por seu sobrinho Eduino com uma recepção cordialíssima. No dia seguinte, o Padre Carlos Dondero voltou para o Mar de Espanha levando consigo Mário Ghiglione e Camilo Secco.

Dom Orione permaneceu no Rio de Janeiro para tratar da Casa da Preservação, dedicada às populações afro-descendentes. Atualmente, as obras orionitas estão espalhadas por todo o Brasil.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.