Liberdade

Motociclista de Araguaína leva vida sobre duas rodas e realiza sonho dos tempos da juventude

Por Redação AF
Comentários (0)

24/03/2016 09h24 - Atualizado há 2 semanas
Ter a liberdade de viajar e sentir o vento no rosto, conhecer novos lugares e pessoas. Esse é o sonho da maioria das pessoas. E que tal juntar isso tudo com o amor pelas duas rodas? Sim, isso é possível e em Araguaína já tem várias pessoas fazendo dessa paixão um estilo de vida. Como é o caso de Galeno Salomão de Araújo, de 63 anos, o Salomão. Talvez os mais chegados não o conheçam pelo nome e sim pelo seu codinome de motociclista, “Eremita”, que quer dizer nômade, solitário e livre. Eremita é apaixonado por motos e essa paixão começou ainda jovem. Como tudo começou Salomão conta que, aos 19 anos, assim que entrou no Exército, teve a sua primeira moto, na época uma motor dois tempos. “Tinha essa vontade de andar em duas rodas e comecei assim”, disse. Em 1975, comprou um lambretão. “Era o meu veículo para ir e voltar do trabalho. Era uma forma de juntar a necessidade de me locomover com a minha paixão”, explicou. E assim passaram-se os anos e os modelos das motos também foram mudando: Xispa, Vespa, 125 da Yamaha, Turuna da Honda, uma 400 cc. Entre as duas, Salomão também andava de carro, mas o sonho de ter uma moto e fazer viagens longas. E o sonho realizou-se Depois que se aposentou, Salomão começou a busca para realizar o seu sonho. Em 2012, adquiriu uma moto Shadow. E começou a fazer as suas tão esperadas viagens, com liberdade e alegria de estar em duas rodas. Passou por Brasília (DF), Imperatriz (MA) e Palmas. Foto: Marcos FilhoNo início procurou fazer parte dos Falcões de Aço, um motoclube formado por membros apaixonados por motos e que são de Araguaína. “Temos o mesmo gosto: motos. Então seria para conversar e trocar informações sobre a nossa paixão”, comentou. No motoclube, Salomão percebeu que precisava criar mais asas. “Todo Motoclube tem seus regulamentos e como já vinha de uma instituição com normas bastante rígidas, preferi ficar solitário, mas sempre acompanhando todos os eventos do motoclube e também das viagens”, explicou Salomão. E com a sua decisão, os próprios Falcões deram um nome de batismo para Salomão, “Eremita”. “Vou para qualquer lugar, não tenho compromisso com ninguém, sigo realizando o meu sonho”, disse com um sorriso no rosto. Eremita já está planejando a sua próxima viagem. No mês de julho ele vai pegar a estrada e passar por Minas Gerais, Goiás e Mato Grosso. “Enquanto tiver condições de andar, vou viajar, vou fazer aquilo que gosto e que amo”, disse com brilho nos olhos. Dados Atualmente, Araguaína conta com uma frota de 105.244 veículos; desse número, 31.824 são motocicletas e 19.797 são motonetas; ou seja, os veículos em duas rodas perfazem mais da metade da frota da cidade. (Joselita Matos)

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.