Nova etapa

Prefeitura inicia cadastro de moradores na segunda etapa do projeto da Nova Feirinha

Por Agnaldo Araujo
Comentários (0)

12/12/2017 17h37 - Atualizado há 2 meses
A Prefeitura de Araguaína deu início à segunda etapa do Projeto Nova Feirinha com o trabalho de análise das edificações cadastradas no segundo e terceiro quarteirões da área pública. A ação é necessária para catalogar, cadastrar os ocupantes e iniciar o processo de negociações. A reconstrução do primeiro quarteirão, já regularizado, segue com a contratação da empresa para início das obras do novo prédio. De acordo com o secretário do Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente, Ângelo Marzola Júnior, o prazo de entrega da carta-proposta para participar da licitação de construção do novo prédio terminou nesta segunda-feira (11). As propostas das empresas interessadas em realizar a construção devem ser abertas no próximo dia 18. “Não tenho como estimar a data de conclusão da construção do novo prédio, mas deve durar seis meses depois de iniciada”, explicou Marzola. A Nova Feirinha receberá comerciantes que foram levados para o prédio provisório e hoje faz parte do complexo do projeto. Ainda segundo o secretário, para os outros dois quarteirões ainda falta a avaliação dos levantamentos feitos pela Defesa Civil, na área que deve receber o complexo de delegacias regionais da Polícia Civil, uma obra em parceria com o Governo do Estado do Tocantins. AÇÃO SOCIAL Um dos trabalhos que está sendo feito pela Prefeitura é conscientizar e conduzir os dependentes químicos para realizarem tratamentos de forma voluntária. E para potencializar os cuidados dessas pessoas, foi inaugurado o Centro Municipal de Recuperação de Dependentes Químicos, nesta segunda-feira (11). O espaço público, com capacidade para receber 40 pessoas, é o primeiro do Estado do Tocantins, somando-se as 16 vagas por mês e oito leitos do Centro de Atenção Psicossocial Álcool e outras Drogas (CAPS AD 3) para recuperação dessas pessoas. PROJETO NOVA FEIRINHA De acordo com a prefeitura, a Nova Feirinha terá 24 boxes comerciais, banheiros, elevador, praça de alimentação com nove boxes e setor administrativo. O prédio também contará com estacionamento e rampas de acessibilidade. A Prefeitura já garantiu recursos federais de R$ 6 milhões para a realização da obra, com apoio da senadora Kátia Abreu, sendo R$ 1 milhão de contrapartida do Município. Após 40 anos de abandono, barracos vazios e com riscos de desabamento já condenados pela Defesa Civil e prédios em ruim estado de conservação foram demolidos. A região da Feirinha já recebeu três estacionamentos públicos e a duplicação da Avenida Filadélfia. (Thatiane Cunha)

Comentários (0)

Mais Notícias

Esporte

Sargento Caitano representa o Tocantins em Campeonato Internacional de Jiu-Jitsu

Sargento Caitano, como é conhecido no meio esportivo, vai competir na categoria meio pesado até 85 kg.

Luto

Morre aos 95 anos Stan Lee, criador do Homem-Aranha, Hulk, Homem de Ferro e Thor

Ele foi um dos nomes mais importantes dos quadrinhos americanos ao criar super-heróis.

Falha internacional

Facebook fica fora do ar em vários países e prejudica milhares de usuários

O serviço ficou fora do ar por cerca de uma hora durante a tarde desta segunda-feira (12).

Superação

Jovem viaja 160 km por dia de carona para engraxar sapatos e ajudar a família

O engraxate é bastante conhecido pelos empresários no Setor Entroncamento.

Circo

Hoje tem marmelada? Tem sim, sinhô! Taquari recebe espetáculo neste domingo

O espetáculo tem o objetivo de levar a arte circense a espaços de pouca acessibilidade cultural.

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.