Seet
Sobral – 300×100

‘Advogados sofrem com falência da segurança’, diz ATA ao lamentar morte de Danillo Sandes

Agnaldo Araujo - | - 867 views
Foto: Divulgação
O advogado Danilo Sandes foi morto em Araguaína

A Associação Tocantinense dos Advogados (ATA) afirmou que os profissionais da advocacia têm sofrido, no exercício profissional e na convivência social, com a “falência do sistema de segurança pública no Tocantins”.

A nota, divulgada nesta terça-feira (01), ocorre após o assassinato do advogado Danilo Sandes Pereira, de 30 anos, com dois tiros na nuca, em Araguaína. A ATA manifestou profundas condolências à família, aos amigos de Danilo e classificou o crime como ‘brutal’.

“Com o sentimento de consternação, a ATA conclama os advogados tocantinenses, como agentes ativos de transformação, e a sociedade civil organizada para a importante reflexão sobre a grave condição que envolve o aumento exponencial da criminalidade que tem afligido diariamente toda a população, nossos filhos e nossos entes queridos”, disse o presidente Sérgio Menezes Dantas Medeiros.

A associação também reafirmou o seu compromisso com a atuação independente e destemida em defesa da advocacia e da cidadania no Estado do Tocantins.

Relembre

Advogado de Araguaína desaparece após sair com destino a Filadélfia; OAB se mobiliza

Perícia confirma que corpo encontrado é do advogado Danilo Sandes e que foi executado com dois tiros na nuca

Comentários pelo Facebook: