Casal de Araguaína luta para salvar bebê com malformação do coração; tratamento custa R$ 2 milhões

Agnaldo Araujo - |
Foto: Divulgação
Sargento Valdenor Nicos e sua esposa

O sargento da Polícia Militar de Araguaína Valdenor Nicos Pereira e sua esposa Carla estão enfrentando uma difícil batalha em busca de salvar a vida do filho que está prestes a nascer. Nas redes sociais, eles gravaram um vídeo relatando o problema e clamando por ajuda.

O bebê, que deve se chamar Sérgio Grabriel, foi diagnosticado no quinto mês de gravidez com uma cardiopatia crítica denominada Síndrome da Hipoplasia do Coração Esquerdo, que impede a completa formação do lado esquerdo do coração.

Na síndrome, a maioria das estruturas no lado esquerdo do coração é muito pequena e pouco desenvolvida (hipoplasia) para fornecer o fluxo de sangue suficiente para as necessidades do corpo.

Logo após a descoberta do problema, o casal iniciou uma busca incessante por tratamento em vários hospitais do Brasil, mas o único que presta esse atendimento é o Hospital de Beneficência Portuguesa, em São Paulo.

Segundo o casal, o tratamento custa em torno de R$ 2 milhões e está além da capacidade financeira da família. A primeira cirurgia deverá ocorrer entre 15 e 20 de abril desse ano.

“Se nós vendêssemos tudo que temos ainda não dava para fazer o tratamento, daria mal para pagar a cirurgia”, disse Valdenor Nicos. Segundo o sargento, a cirurgia custa cerca de R$ 95 mil, além da internação por 70 dias (R$ 470 mil) e o parto (R$ 15 mil).

“Uma coisa que nenhum pai espera enfrentar. Nós somos muito crentes em Deus e sabemos que as coisas são feitas só com a vontade Dele, mas não podemos cruzar os braços, vamos correr atrás”, disse.

Carla também relatou a angústia nesse momento de ‘desespero’. “O que eu tenho a dizer é desespero, porque a gente se sente pequeno e não consegue fazer nada. Não está sendo fácil para mim, para ele [esposo], para toda nossa família. Por favor, ajude-nos com qualquer quantia”, afirmou. Essa é a primeira gestação de Carla.

Quem puder ajudar o casal pode depositar qualquer quantia nas seguintes contas: Banco Bradesco – Agência 3291, Conta Corrente 532121-2; Banco do Brasil – Agência 2094-0, Conta Poupança 20125-1, Variação 51; ou Caixa Econômica Federal – Agência 4481, Conta Poupança 3698-5, Operação 013. Todas as contas em nome de Valdenor Nicos Pereira.

ASSISTA AO VÍDEO

Comentários pelo Facebook: