Sobral – 300×100
Seet

DNIT revitaliza canteiro central da BR-153 em Araguaína a pedido de Ronaldo Dimas

Redação AF - |
Foto: Gláucia Mendes
Nesta primeira etapa acontece a limpeza e plantio de grama, nas rotatórias e canteiro

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) está revitalizando o canteiro central da rodovia BR-153 no perímetro urbano de Araguaína (TO), em um trecho de 12,9 quilômetros. O canteiro receberá limpeza, drenagem, plantio de grama, recuperação das sarjetas e meio fio. Os trabalhos estão sendo executados a pedido do prefeito Ronaldo Dimas. Na semana passada, o gestor visitou as obras.

“É importante que tenhamos uma recepção agradável e a BR-153 é o portal de entrada da Capital Econômica do Estado, além disso traz segurança para quem trafega por aqui todos os dias”, apontou o prefeito.

A obra de recuperação do trecho da rodovia será no trecho de 12,9 quilômetros. Nesta etapa acontece a limpeza e plantio de grama, nas rotatórias e canteiro. Os outros trabalhos serão acelerados após o período chuvoso.

A manutenção do canteiro é de responsabilidade da construtora Jurema Ltda, com a supervisão geral do DNIT. Já o plantio de grama e a execução dos meio-fio e sarjetas são de responsabilidade da Fratello Engenharia, que está com 17 homens na linha de frente dos trabalhos. A obra tem um prazo de 390 dias para conclusão.

A urbanização da BR-153 no perímetro urbano é o primeiro passo. Dimas também solicitou ao próprio ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella Lessa, em junho de 2016, a construção do Anel Viário de Araguaína. O Anel Viário, que fará a ligação com a Ferrovia Norte-Sul, possibilitará um tráfego melhor para a Avenida Filadélfia.

Foto: Gláucia Mendes
Trecho de 12,9 quilômetros no perímetro urbano de Araguaína receberá limpeza, drenagem e plantio de grama pelo Departamento Nacional de Infraestrutura (DNIT)

BR-153

Fundada na década de 1950, no governo de Juscelino Kubitschek, a BR-153 é também conhecida como Belém-Brasília.

A rodovia é a quarta maior rodovia federal do Brasil e principal ligação entre o Centro-Oeste e o meio-norte do País, cortando os estados do Pará, Tocantins, Goiás, Minas Gerais, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. (Glaúcia Mendes)

Comentários pelo Facebook: