Seet
Sobral – 300×100

Empresários de Araguaína cobram urgência na duplicação da TO-222 e destacam importância da obra

Redação AF - |
Foto: Divulgação
Sede da Assembleia Legislativa do Tocantins

Márcia Costa // AF Notícias

A duplicação da TO-222 no trecho entre o trevo de Babaçulândia – Araguaína – Distrito de Novo Horizonte é um anseio de milhares de pessoas que trafegam diariamente pela rodovia e de empresários que possuem estabelecimentos no entorno. Mas o projeto de lei que autoriza a contratação de empréstimo para o investimento na obra está parado na Assembleia Legislativa do Tocantins desde dezembro de 2016, quando foi protocolado pelo Governo do Estado.

Na avaliação de empresários, a obra favorecerá o comércio e a economia da região. A Faculdade de Ciências do Tocantins (FACIT) vislumbrou essa perspectiva de desenvolvimento ao implantar um sofisticado campus universitário às margens da rodovia estadual.

Segundo a vice-diretora da instituição, Carollyne Mota, a rodovia conecta com mais de 20 cidades e tem favorecido a economia, mas o grande fluxo de veículos diariamente já está gerando dificuldades de mobilidade e logística.

“Funcionários, alunos e professores circulam em horários de pico e o trânsito fica congestionado, com riscos de acidentes. A duplicação encurtaria o caminho e possibilitaria a vinda de mais pessoas. Todos ganham com essa obra. O comércio e a prestação de serviço produziriam mais e gerariam mais empregos. Saber que esse projeto nem saiu do papel nos deixa triste e desanimado. Precisamos do retorno do poder público para investir”, cobrou Carollyne Mota Tiago.

O empresário e presidente da Associação Comercial e Industrial de Araguaína (Aciara), Márcio Parente, reforçou que a duplicação da TO-222 é de suma importância para facilitar o acesso às “entradas e saídas da segunda maior cidade do Estado” – a capital econômica.

“A realização da obra atrairá investimentos para o trevo de Babaçulândia, sobretudo pela proximidade com a Ferrovia Norte Sul. E, provavelmente, teremos alguns grandes investimentos na região. A duplicação facilitará o escoamento da produção, sem falar que os investidores vão ver com outros olhos essa região”, destacou.

O presidente da Aciara ainda frisou que a associação está disponível para ajudar a resolver qualquer impasse para que essa obra seja realizada o quanto antes.

Veja mais sobre o assunto…

Projeto de Lei que viabilizará duplicação de trecho da TO-222 está parado na Assembleia Legislativa desde dezembro

Comentários pelo Facebook: