Seet
Sobral – 300×100

Fieto parabeniza deputados que apoiaram Temer: ‘atitude sensata e oportuna’, diz

Agnaldo Araujo - |
Foto: Divulgação
Sede da Fieto em Palmas

A Federação das Indústrias do Estado do Tocantins (Fieto) parabenizou e agradeceu os deputados federais tocantinenses que votaram a favor do presidente Michel Temer (PMDB), acusado de obstrução de justiça e organização criminosa. A votação ocorreu nesta quarta-feira (26).

Os parlamentares favoráveis a Temer foram Carlos Gaguim (Podemos), César Halum (PRB), Dulce Miranda (PMDB), Lázaro Botelho (PP), Professora Dorinha (DEM) e Vicentinho Júnior (PR). Irajá Abreu (PSD) foi o único contra Temer e Josi Nunes (PMDB) não compareceu na votação.

Numa nota sem assinatura, a Fieto afirma que a atitude dos deputados apoiadores de Temer foi ‘sensata e oportuna’. Segundo a entidade, eles votaram “a favor da retomada da confiança no país evitando um novo afastamento na presidência da República e o agravamento da crise econômica”. O atual presidente da entidade é Roberto Magno Martins Pires.

A Fieto também argumentou que o segmento industrial entende ser de extrema importância a apuração de responsabilidades e o prosseguimento de investigações para esclarecimentos dos fatos levantados na denúncia. “No entanto, compreende que o afastamento do presidente Michel Temer (PMDB) neste momento seria inviável à retomada do crescimento e geraria irreparável instabilidade na economia, tão duramente desacreditada em virtude de sucessivas crises”, ponderou.

A Fieto finalizou afirmando que o “momento para mudança será a eleição de 2018, instrumento democrático para que prevaleça a vontade da população”.

TERCEIRIZAÇÃO

A Fieto também parabenizou os deputados federais favoráveis ao Projeto de Lei nº 4.302/1998 que regulamenta a terceirização no Brasil.

Na época, a nota assinada pelo presidente da Federação, Roberto Pires, afirmava que a medida era de “fundamental importância para a retomada do crescimento econômico e para a segurança jurídica das relações de trabalho terceirizada’.

Votaram a favor da terceirização, os deputados tocantinenses César Halum (PRB), Carlos Henrique Gaguim (PTN), Lázaro Botelho (PP), Vicentino Júnior (PR) e Irajá Abreu (PSD). Josi Nunes (PMDB) e a Professora Dorinha (DEM) votaram contra. Dulce Miranda não compareceu.

VEJA TAMBÉM…

Fieto parabeniza deputados que votaram a favor da terceirização; “representa avanço”, diz Roberto Pires

Gaguim, Dulce, Josi, Botelho e Dorinha são contra investigação de Temer por corrupção

Comentários pelo Facebook: