Mutirão nacional de cirurgias é realizado no Hospital Infantil Público de Palmas

Agnaldo Araujo - | - 607 views
Foto: Nielcem Fernandes
Cirurgias de média complexidade melhoram a qualidade de vida dos pequenos

Nielcem Fernandes // AF Notícias

Neste sábado (05), o Hospital Infantil Público de Palmas (HIPP) participou da 12ª edição do Mutirão Nacional de Cirurgia da Criança, realizado pela Associação Brasileira de Cirurgia Pediátrica (CIPE), com o objetivo de reduzir a espera por cirurgias pediátricas na rede pública de saúde do país.

Simultaneamente, o Mutirão ofertou 21 tipos de procedimentos distintos em 10 estados brasileiros e no Distrito Federal.

A iniciativa vem se repetindo anualmente desde o ano de 2006 e já beneficiou milhares de crianças com cirurgias ambulatoriais e eletivas, no qual o paciente não necessita de internação. O HIIP é o único hospital público infantil do país que participou de todas as edições do Mutirão.

Ao todo, 17 pacientes foram atendidos durante todo o dia 5 de maio, data oficial do Mutirão em todo Brasil.

A  diretora geral da unidade, Leiliane Alves, destacou a importância desse tipo de iniciativa. “Todos os anos o HIPP vê esse momento como uma grande oportunidade de contribuir com a realização das cirurgias nas crianças que aguardam seus procedimentos. O Mutirão é fundamental, tendo em vista a grande fila de pacientes realizar cirurgia e a baixa oferta de profissionais Cirurgiões Pediátricos, temos muito orgulho de contribuir”, destacou a diretora.

Foto: NIelcem Fernandes
17 crianças foram atendidas no Mutirão desse sábado no HIPP

Leiliane comentou sobre as atividades que são desenvolvidas em conjunto por toda equipe multiprofissional do HIIP em prol da humanização do atendimento dos pequenos e de suas famílias.

“É um momento muito esperado por toda equipe, pois são articuladas diversas atividades para que as crianças se sintam acolhidas e felizes. Vejo esse Mutirão como um ponto positivo por que demonstra que o serviço de Cirurgia Pediátrica do Estado do Tocantins é atuante e reconhecido nacionalmente”, explicou.

Foto: Nielcem Fernandes
O HIPP proporciona atendimento humanizado para acompanhantes e pacientes

CIPE

O presidente da CIPE, Dr. João Vicente Bassols, afirmou que o Mutirão ajuda a restabelecer a qualidade de vida dos pequenos pacientes. “Sabemos que os mutirões da CIPE, por maiores que não resolvem o problema da saúde pública brasileira, mas, ao menos, restabelecem, em menor tempo, a qualidade de vida dos pacientes infanto-juvenis operados e reduzem, ainda que momentaneamente, a espera por cirurgias pediátricas no SUS”, pontuou.

O presidente ressalta que “além de beneficiar diretamente esse grupo de pacientes, ao reduzir as filas de espera nos hospitais do país, especialmente os públicos, os mutirões também favorecem crianças e adolescentes que aguardam pela realização de cirurgias mais complexas, que exigem internação”.

Foto: Nielcem Fernandes
Os pacientes não necessitam de internação e voltam para a casa no mesmo dia

Serviços confirmados

Estado/Distrito Federal Serviço/Cidade
Bahia H. Municipal Edite Nogueira Rangel – Santa Terezinha
H. Municipal Eurico Dutra – Barreiras
Distrito Federal H. Universitário (HUB) – Brasília
Minas Gerais Santa Casa de Misericórdia – Belo Horizonte
H. de Clínicas da UFTM – Uberaba
Pará Santa Casa de Misericórdia – Belém
H. Regional Público do Araguaia – Redenção
Paraná H. Universitário Regional dos Campos Gerais – Ponta Grossa
Rio de Janeiro H. Alcides Carneiro – Petrópolis
H. Municipal da Mulher – Cabo Frio
H. Federal da Lagoa – Rio de Janeiro
Rio Grande do Sul H. da Criança – Santa Casa de Misericórdia – Porto Alegre
H. da Criança Conceição – Porto Alegre
Santa Catarina H. Infantil ‘Joana de Gusmão’ – Florianópolis
H. São José – Criciúma
São Paulo H. São Camilo – Santa Casa de Misericórdia – Itú
Santa Casa de Misericórdia – Araçatuba
H. Estadual ‘Mário Covas’ – Santo André
Instituto da Criança – H. das Clínicas (FMUSP) – São Paulo
Sergipe H. Universitário da UFS/EBSERH – Aracaju
Tocantins Hospital Infantil Público – Palmas

Acompanhe a evolução das adesões pelo site e pela página da CIPE no Facebook.

Abertura oficial

 A abertura oficial do Mutirão foi realizada no dia 3 de maio, quinta, às 8h, no centro cirúrgico do Hospital da Criança Conceição, com a presença do presidente da CIPE, Dr. João Vicente Bassols.

Nesse serviço o tempo médio para a realização das cirurgias pediátricas é de seis meses.

 

Comentários pelo Facebook: