Simulação atrai curiosos e alerta sobre acidentes de trânsito em Araguaína

Agnaldo Araujo -
Foto: Marcos Filho
Simulação em Araguaína

O cruzamento das ruas Dois de Julho e Rui Barbosa, na região central da cidade, foi palco de uma simulação de acidente de trânsito realizada pelo Samu e atraiu curiosos na manhã dessa quinta-feira (24). Além do treinamento dos socorristas, que não foram previamente avisados sobre o teatro, a ação faz parte do Maio Amarelo, para conscientizar a população sobre os cuidados no trânsito e perigos enfrentados quando a direção defensiva não é colocada em prática.

O mototaxista Claudino Coimbra, de 34 anos, diz saber dos perigos do trânsito e usa a direção defensiva para evitar as colisões. “Quando o motociclista vê um acidente assim sempre estaciona para ajudar. Somos unidos porque sabemos que sempre é mais perigoso para nós. Eu trabalho no ramo há 3 anos e meio e já aprendi que é preciso ter paciência. Às vezes, é difícil controlar a paciência debaixo desse sol, mas se acelerar, o resultado é o acidente”, afirmou.

O atendimento a acidentes de trânsito é algo comum na rotina dos socorristas do SAMU, que precisam estar preparados para todos os tipos de emergências e urgências. A enfermeira Caroline Tomaz, de 28 anos, ajudou a preparar o cenário, maquiagem e atitude dos personagens. No serviço há 10 anos, ela explica sobre os desafios no atendimento nestas situações.

O mais difícil para o socorrista é controlar a população. As vítimas estão com alto nível de estresse e as pessoas que acompanham o atendimento também ficam desesperadas. Agora mesmo, uma senhora perguntou se eu ficaria só olhando. Além de controlar o próprio nível de adrenalina para salvar uma pessoa”, afirmou.

A campanha

Em Araguaína, a campanha é promovida pela Agência de Segurança, Transportes e Trânsito (ASTT) de Araguaína, em parceria com o Detran e Policia Rodoviária Federal (PRF); Departamento de Trânsito (Detran/TO); Corpo de Bombeiros; Serviço Móvel de Urgência e Emergência (SAMU/192), além de instituições, empresas e entidades.

Com o tema “nós somos o trânsito”, a ASTT e parceiros levam à comunidade, durante todo o mês de maio, orientações de segurança no trânsito, com blitzen, ciclos de palestras, distribuição de panfletos, caminhadas e outras atividades.

(Flávio Martin)

Comentários pelo Facebook: