Direto ao Ponto

Arnaldo Filho

redacao@afnoticias.com.br

Movimentações políticas

Coletivo Somos anuncia saída do PSB de Amastha e recebe convite do PT para eleição em Palmas

Em 2020, o grupo inovou com o formato de candidatura coletiva e tirou 887 votos.

Por Eduardo Azevedo
Comentários (0)

23/01/2024 16h07 - Atualizado há 2 meses
Superintende da SPU, Edy César, ao lado de integrantes do Coletivo Somos

O superintendente do Patrimônio da União no Estado e membro do PT Tocantins, Edy César, convidou o Coletivo SOMOS para se filiar ao Partido dos Trabalhadores durante um encontro realizado em Palmas, nesta segunda-feira (22).

Participaram da reunião a administradora Thamires Lima e o servidor público Alexandre Peara, representando o grupo que, atualmente, ainda mantém filiação ao PSB.

Nas eleições de 2022, o coletivo rompeu com o PSB devido a uma aliança controversa entre o presidente do partido no Estado, Carlos Amastha, candidato ao Senado, e o então candidato a governador, Ronaldo Dimas (PL), declaradamente apoiador de Jair Bolsonaro à presidência.

Após o rompimento, o coletivo declarou apoio à candidatura de Lula para presidente e de Paulo Mourão ao Governo do Estado. 

Pré-candidatura

No pleito de 2020, o grupo inovou com o formato de candidatura coletiva e alcançou uma surpreendente votação na Capital, 887 votos, quantidade superior à de alguns dos atuais vereadores, como a Professora Iolanda Castro (762 votos) e Nego do Palácio (707). 

Somente em Palmas, nas últimas eleições, o Coletivo SOMOS alcançou 1.665 votos para a Câmara Federal e 1.153 votos para a Assembleia Legislativa.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.