Arnaldo Filho

Blog AF

redacao@afnoticias.com.br

Viagem ao exterior

Desembargador do TJTO ganha R$ 43 mil em diárias para participar de curso nos EUA

O desembargador irá participar do curso sobre Direito Comparado Brasil-EUA.

Por Arnaldo Filho 4.038
Comentários (0)

08/04/2019 14h46 - Atualizado há 4 meses
Tribunal de Justiça do Tocantins

O print de uma portaria do Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO) está repercutindo nas redes sociais e grupos de WhatsApp em razão do valor que será pago em diárias a um desembargador para participar de um curso nos Estados Unidos (EUA).

A portaria foi publicada no Diário da Justiça da última quinta-feira, 4 de abril. Conforme o documento, o tribunal vai conceder R$ 43.245,87 ao desembargador Marco Anthony Villas Boas para deslocamento de Palmas para Estados Unidos, no período de 13 a 28 de abril.

O desembargador irá participar do curso sobre Direito Comparado Brasil-EUA e, para isso, receberá 15,5 diárias internacionais no valor unitário de 727 dólares, o equivalente a R$ 2.812,18 por dia. As diárias foram autorizadas pelo diretor geral do TJTO, Jonas Demostene Ramos.

A título de comparação, as diárias que serão pagas ao desembargador equivalem aproximadamente ao subsídio bruto recebido anualmente por um professor concursado com nível superior na rede estadual do Tocantins, cujo salário médio é de R$ 4 mil.

Recentemente, a relação de salários pagos pelo TJTO também ganhou repercussão na imprensa nacional, cujos rendimentos dos magistrados variaram de R$ 118 mil a R$ 285 mil só no mês de dezembro de 2018. Por exemplo, o desembargador afastado Amado Cilton Rosa recebeu R$ 251.995,60 brutos.

COM A PALAVRA, TRIBUNAL DE JUSTIÇA

Nota de esclarecimento do TJTO
Portaria das diárias

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.