Direto ao Ponto

Arnaldo Filho

redacao@afnoticias.com.br

Ciência e tecnologia

Governo exonera presidente da FAPT e designa professora Germana Pires para comando interino

Mexidas foram publicadas no Diário Oficial do Estado (DOE-TO).

Por Eduardo Azevedo 1.494
Comentários (0)

06/02/2024 08h45 - Atualizado há 2 meses
Márcio da Silveira foi exonerado da FAPT; Germana assume interinamente

O presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Tocantins (FAPT), Márcio Antônio da Silveira, foi exonerado pelo Governo do Estado. Para seu lugar, foi designada a professora Germana Pires Coriolano, atual vice-presidente, para responder interinamente pela entidade.

As mudanças foram publicadas no Diário Oficial do Estado (DOE-TO) nesta segunda-feira (05/02). A nomeação pode ser um indicativo de uma aproximação ainda maior da gestão junto ao PCdoB, já que Germana é a vice-presidente estadual do partido. O deputado estadual Ivory de Lira é o presidente da sigla e integra a base do governador Wanderlei Barbosa na Assembleia Legislativa (Aleto).

Ao AF Notícias, Germana confirmou que a nomeação é provisória. "Faço parte de uma equipe muito competente e tenho a certeza de que o governador tomará a melhor decisão para o futuro da ciência e da tecnologia no Estado", disse.

Sobre o que pretende fazer durante a gestão interina, Germana afirmou que pretende dar continuidade ao trabalho que tem sido desenvolvido. "Temos projetos estratégicos em andamento para o desenvolvimento do nosso Estado, como a implantação do Parque Tecnológico, o Programa Educa Mais Tocantins, a Campus Party, diversos projetos de pesquisa em parceria com secretarias. Enfim, temos muito trabalho para desenvolver", declarou.

Filiada ao PCdoB, Germana Pires Coriolano é professora da Universidade Federal do Tocantins, doutora em Planejamento Urbano e Regional pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU-USP) e com mestrado em Desenvolvimento Regional pela Universidade Federal do Tocantins (2011), ela trabalhou como Arquiteta e Urbanista na Agência Goiana de Habitação (AGEHAB) e já foi Secretária na Prefeitura de Palmas.

Em 2022 foi candidata a vice-governadora na chapa que tinha Paulo Mourão (PT) como candidato ao Governo do Tocantins. 

Detalhe

A exoneração de Márcio da Silveira não foi acompanhada da habitual expressão "a pedido", que frequentemente indica uma solicitação do próprio indivíduo para deixar o cargo. 

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.