Araguaína

PCDF abre sindicância contra agente que atirou em caminhonete dentro de condomínio de luxo

Caso ocorreu em fevereiro deste ano em um condomínio de Araguaína.

Por Redação 1.014
Comentários (0)

25/05/2024 15h32 - Atualizado há 3 semanas
Fábio Ribeiro é agente da Polícia Civil do DF

Notícias do Tocantins - A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) abriu sindicância para apurar a conduta do agente Fábio Ribeiro da Silva, 44 anos, investigado por atirar contra um casal que estava dentro de caminhonete após um desentendimento de trânsito. A informação foi divulgada pelo portal Metrópoles

O episódio ocorreu em um condomínio de alto padrão em Araguaína (TO), em fevereiro deste ano.

Fábio é agente da PCDF, mas mora no município. Atualmente, ele está de licença da corporação para acompanhar a esposa, que é delegada na cidade. 

O autor dos disparos e as vítimas moram no mesmo condomínio. A confusão ocorreu após uma suposta 'fechada' no trânsito. Fábio atirou duas vezes contra a caminhonete Hilux, e os disparos atingiram o pneu dianteiro e o vidro da janela do veículo, ambos do lado do motorista.

Dentro da caminhonete estavam o condutor, de 42 anos, e uma mulher, de 39. O motorista foi atingido por estilhaços de vidro e precisou ser atendido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

A Polícia Militar (PMTO) registrou o caso como tentativa de homicídio. Contudo, o delegado plantonista liberou Fábio por entender que a prisão não ocorreu em flagrante e ele ainda teria se apresentado espontaneamente momentos antes de ser conduzido à delegacia.

Veja a repercussão do caso

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.