Centro da cidade

Abandonado, restaurante popular de Araguaína é arrombado e objetos são furtados à luz do dia

O restaurante foi criado em 2012, mas fechou as portas em agosto de 2018 e nunca mais abriu.

Por Márcia Costa 1.274
Comentários (0)

08/11/2019 16h10 - Atualizado há 1 semana
Interior do prédio

A porta da frente do Restaurante Popular de Araguaína, no centro da cidade, foi arrombada e mesas, cadeiras e ventiladores estão sendo furtados à luz do dia.

Além disso, donos de comércios da região relatam que usuários de drogas e moradores de rua estão dormindo dentro do imóvel.  

"Nós, que trabalhamos na frente desse prédio, vemos tudo. No fim da tarde, jovens entram lá para consumo de drogas. Fezes e urinas estão espalhados e o fedor é forte. É um descaso ver o dinheiro público acabar dessa forma", disse um comerciante que não quis ser identificado.

Apesar do arrombamento, a Polícia Militar informou que nenhuma ocorrência foi registrada.

Fechado desde agosto de 2018

Criado em 2012, o Restaurante Popular passou por uma reestruturação em 2013, com terceirização da gestão e contratação da empresa RC Nutry Alimentação Ltda., cujo contrato de 48 meses foi prorrogado por mais 12. Na outra licitação, a empresa Grill Tropical Alimentação foi a vencedora do pregão.

O prédio foi fechado ainda em agosto de 2018 para reforma e adequações, porém, nunca mais abriu as portas.

Localizado à Praça das Bandeiras, no centro da cidade, o Restaurante Popular visa o atendimento de pessoas em situação de vulnerabilidade social e econômica, além de atender também a comerciários, estudantes, funcionários públicos e profissionais liberais.

A alimentação oferecida aos usuários seguia cardápio balanceado elaborado por nutricionista. O horário de funcionamento era das 11 às 14 horas. 

O que diz a prefeitura 

"A Prefeitura de Araguaína informa que será realizada uma nova licitação para contratação de empresa gerenciadora do Restaurante Popular. A previsão é que o processo tenha início em até três meses.

Sobre as invasões, a Prefeitura informa ainda que irá instalar câmeras de segurança no local para identificar os autores dos atos de vandalismo. 

Ressalta também a colaboração da comunidade no sentido de preservar e denunciar atos de vandalismo. As denúncias podem ser feitas à Polícia Militar por meio do número 190 ou ao Departamento Municipal de Posturas e Edificações (Demupe),  nos telefones 3411 5640 (em horário comercial) ou 99949-5394 (plantão)". 

Porte arrombada
O prédio está abandonado

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.