Araguaína

Em crise, gestão Dimas espera arrecadar R$ 10 milhões com negociação de dívidas

O evento ocorre do dia 05 ao dia 12 de dezembro no tatersal do Parque de Exposições.

Por Redação 849
Comentários (0)

04/12/2018 09h15 - Atualizado há 6 dias
Dimas enfrenta a maior crise financeira de sua gestão

Em crise, a gestão do prefeito Ronaldo Dimas pretende arrecadar cerca de R$ 10 milhões com o Mutirão Municipal de Negociação Fiscal, que ocorre de quarta-feira (05) até o dia 12 de dezembro no tatersal do Parque de Exposições, em Araguaína. 

No total, a prefeitura espera negociar mais de R$ 30 milhões no evento que tem estrutura montada para atender até 300 pessoas ao mesmo tempo. Os atendimentos serão realizados sem interrupção, das 8 às 18 horas. Ainda terá espaço kids, provendo maior comodidade dos pais que levarem seus filhos ao mutirão.

O local ainda contará com um stand da Saúde Municipal para apoiar qualquer emergência. Será ofertado também o serviço de cadastro e impressão do cartão de identificação do Sistema Único de Saúde (SUS), além da realização de teste rápido do HIV/Aids, em ação ao Dezembro Vermelho, mês de combate à doença que causa imunodeficiência.

CRISE NA GESTÃO

O mutirão ocorre Num momento em que a gestão do prefeito Ronaldo Dimas não está conseguindo honrar com todos os compromissos e atrasa, principalmente, o pagamento salarial dos servidores.

A falta de recursos também já afetou a área da saúde. Em decorrência, cerca de 100 pacientes serão dispensados por dia da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), além da redução na oferta de consultas especializadas no Ambulatório Municipal de Especialidades (AME) e até suspensão de cirurgias eletivas.

Segundo a prefeitura, a gestão do governador Mauro Carlesse (PHS) atrasa repasses à saúde de Araguaína desde junho e, junto com a repactuação previamente acordada e não concretizada, gerou déficit superior a R$ 7 milhões até novembro.

Quais dívidas serão negociadas?

Conforme a prefeitura, a oportunidade de regularização serve tanto para os débitos que já estão na Justiça quanto para a realização de acordos, por pessoa física ou jurídica.

Poderão ser quitadas dívidas municipais decorrentes de qualquer origem, seja ela por Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) ou Imposto Sobre Serviços (ISS), atraso do pagamento das parcelas do Crédito Educativo e também multas de trânsito e ambientais.
 
O que levar?

As pessoas devem levar documento oficial com foto; se for empresa, o contrato social; se for representante, a procuração pública. Quanto mais documentos que contribuam para análise do débito, mais rápido será o atendimento.
 
Horário mais flexível

A expectativa é atender de 800 a mil pessoas diariamente. Para atingir a meta, o evento contará com horário diferenciado, facilitando o acesso com a disponibilização de um horário mais flexível.

Os técnicos da Justiça, Procuradoria Municipal e Secretaria Municipal da Fazenda estarão disponíveis durante todo o dia, inclusive nos horários de almoço e fins de semana.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.