Andamento

Governo homologa resultado final do concurso do Sistema Socioeducativo; são 409 aprovados

Por Agnaldo Araujo
Comentários (0)

01/06/2017 08h56 - Atualizado há 2 meses
Foi homologado o resultado final do concurso destinado ao provimento de cargos no Sistema Socioeducativo do Tocantins, sob a responsabilidade da Secretaria da Cidadania e Justiça (Seciju). A homologação se deu por meio do Decreto 5.643, de 29 de maio de 2017, publicado no Diário Oficial do Estado nº 4.878, desta quarta-feira (31). Nomeação e posse dos aprovados serão os próximos e últimos passos para a conclusão do certame. Ao todo foram homologados 409 nomes, sendo: 69 aprovados para os cargos de analista socioeducador; contemplando profissionais do serviço social, terapia ocupacional, direito, enfermagem, medicina clínica, nutrição, odontologia, educação física, pedagogia e psicologia. Também foram homologados 50 aprovados para os cargos de assistente socioeducativo, 290 para técnico socioeducador; sendo 65 mulheres e 225 homens. O decreto também diz que novas convocações para matrícula no curso de formação profissional, etapa final para aprovação no certame e, portanto, apto a exercer a função pública, devem ocorrer conforme Decreto 5.478, de 8 de agosto de 2016. Isso se aplicará para a ocupação de vagas remanescentes do concurso, através da convocação do cadastro reserva. As vagas remanescentes são em consequência de reprovação no curso de formação realizado entre janeiro e fevereiro de 2017 e desistência de candidatos no decorrer do processo. O concurso disponibilizou um total de 1.292 vagas, sendo 844 para o Sistema Penitenciário (técnico em defesa social e analista em defesa social) e 448 para o sistema socioeducativo (técnico socioeducador, analista socioeducador e assistente socioeducativo), cuja realização do curso de formação foi em fevereiro de 2017. Para a secretária da Secretaria de Cidadania e Justiça, Gleidy Braga, esse passo torna a conclusão do certame ainda mais próxima. “É mais um passo importante que o nosso governador deu no sentido de concluirmos essa demanda. Mesmo com dificuldades financeiras, o governo Marcelo Miranda demonstra seu compromisso com a política socioeducativa”, afirmou. Evolução do certame O concurso público para o provimento de vagas e cargo do quadro da Defesa Social e Segurança Penitenciária teve seu edital lançado em abril de 2014, publicado no DOE e deflagrado em 15 de outubro de 2014. Com aproximadamente 42 mil inscritos, a prova objetiva foi aplicada em dezembro do mesmo ano. A primeira etapa esteve à cargo da Secretaria de Estado da Administração (Secad), que o conduziu por meio da Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (Funcab), cabendo à Seciju a realização da segunda etapa, uma vez que o quadro efetivo de servidores será para atender a pasta. Após a publicação do resultado final da primeira etapa e da lista dos candidatos aprovados, em julho de 2015, a Seciju articulou a realização da segunda etapa do concurso, com a publicação do curso de formação dos candidatos e a contratação da empresa responsável para fazê-lo, através de dispensa de licitação. O objetivo do curso, etapa do concurso público de caráter classificatório e eliminatório, é formar e avaliar os candidatos matriculados para o exercício das atribuições dos cargos que tomarão posse. Para dar essa formação técnico-profissional dos candidatos, o Governo do Estado contratou a Comissão Permanente de Seleção (Copese/UFT). O cronograma do curso de formação foi publicado em agosto de 2016 e no mês seguinte, entre os dias 12 e 19 de setembro, ocorreram as matrículas dos aprovados para a segunda etapa do certame. A realização da segunda etapa foi, então, dividida, com a realização de um curso de formação para o Sistema Penitenciário, ainda em novembro de 2016, o curso de formação do Socioeducativo, em janeiro de 2017. Após os trâmites, o curso de formação para os candidatos ao Sistema Socioeducativo foi iniciado em 15 de janeiro, ministrado em 30 dias em regime integral e com estágio no Núcleo de Custódia e Casa de Prisão Provisória de Palmas (NCPPP). O curso de formação do concurso foi marcado por aulas teóricas e práticas, sob regime integral, sem recesso nem feriado, com aulas nos três turnos, estágio supervisionado e visitas orientadas No Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) de Palmas, para conhecimento dos procedimentos de rotina. A prova objetiva foi aplicada no dia 19 de fevereiro e o resultado saiu em 29 de março de 2017. (Seciju) Veja mais http://afnoticias.com.br/governo-descumpre-decisao-para-nomear-aprovados-em-concurso-publico-e-justica-exige-explicacoes/

Comentários (0)

Mais Notícias

Feira

Feira do Jovem Empreendedor vende produtos de R$ 2 até R$ 20 em Araguaína

O objetivo do evento é desenvolver nos jovens estudantes o empreendedorismo na prática.

Concurso Público

Confira seis concursos públicos que devem ser realizados em 2019 no Tocantins

Previsões de concursos públicos estão na Lei nº 2.408, de 16 de novembro de 2018.

Emprego

Sine de Araguaína oferta vagas para engenheiro, farmacêutico e churrasqueiro

Há oportunidades para diversas áreas de atuação em todos os níveis de escolaridade.

LUTO

Corpo de menino de dois anos que morreu afogado é enterrado em Tocantínia

O garoto foi socorrido com vida, encaminhado ao Hospital Regional de Miracema, mas não resistiu.

Palmas

BMW fica completamente destruída após pegar fogo na Avenida Teotônio Segurado

A BMW ficou completamente destruída após o incêndio. Ninguém ficou ferido.

Violência

Adolescente de 15 anos é morto com três tiros durante assalto no sul do Estado

O menor foi atingido por três disparos na cabeça e no tórax.

Acidente

Mulher tem perna esmagada por veículo após acidente em cruzamento de Palmas

Testemunhas disseram que a motociclista tentou atravessar a Teotônio quando foi atingida

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.