Araguaína

Moradores do Garimpinho são capacitados para temporada de praia e festival gastronômico

Objetivo é desenvolver as potencialidades da região de forma ecológica.

Por Redação
Comentários (0)

27/06/2022 17h25 - Atualizado há 1 mês
Festival Gastronômico do Peixe será nos dias 9 e 10 de julho

Aos 52 anos, a agente de saúde Alberniz Feitosa é uma das moradoras do Povoado Garimpinho que está participando do Projeto de Ecoturismo. Na expectativa para o 1º Festival Gastronômico do Peixe, nos dias 9 e 10 de julho, os empreendedores locais receberam a primeira oficina de segurança e higiene na produção de alimentos e ainda aprenderam a confeccionar uma geleia de abacaxi com pimenta.

“Moro aqui há 21 anos. É muito gratificante ver que está acontecendo um desenvolvimento em nossa comunidade e preservando a natureza, porque é isso que queremos”, contou a agente.

A iniciativa do Projeto de Ecoturismo é promovida pela Prefeitura de Araguaína, em parceria com a UFNT (Universidade Federal do Norte do Tocantins), já que a região tem potencial para a implantação da ecogastronomia.

“Araguaína é abastecida pelos abacaxis do Garimpinho e identificamos a perda da fruta por causa do descarte daquelas que não estavam prontas para comercialização. Com a ecogastronomia, os abacaxis podem ser reaproveitados em receitas como geleias e doces”, citou o assessor técnico da Secretaria de Meio Ambiente de Araguaína, Jhenmerson Rodrigues. 

Importância da comunidade

Para desenvolver as potencialidades naturais, gastronômicas e de hospedagem do Garimpinho, as equipes da Educação Ambiental do Município realizam visitas no local há mais de um ano, além de iniciarem as capacitações e eventos com fundamentos no turismo de base comunitária.

“O que atrai os turistas é essa presença e a facilidade de comunicação com a comunidade. Queremos que o Garimpinho seja frequentado o ano inteiro e assim movimentar a economia local”, explicou a turismóloga da Secretaria do Meio Ambiente, Priscila Carvalho.

Incentivo ao empreendedorismo

Em uma das visitas realizadas, a primeira ficha inscrita para o Festival Gastronômico foi a da moradora Juanice Feitosa. Há uma semana, ela se dedica ao seu novo negócio. “Era o incentivo a mais que eu precisava para montar o meu restaurante”, afirmou. 

No estabelecimento, ela vende peixe frito e ao molho, assado de panela, buchada de gado, chambaril e outras comidas típicas da região.

Capacitações continuam

Até dezembro deste ano, o Projeto de Ecoturismo do Garimpinho prevê a realização de outras quatro oficinas de Cálculo de custo de produção e precificação de alimentos, Informações turísticas, Anfitrião em Arbnb e Produção de geleias com frutas da estação.

Capacitação

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.