Araguaína

Prefeitura retira estrutura metálica de galpão com risco de desabamento na Feirinha

Por Agnaldo Araujo
Comentários (0)

30/06/2017 17h49 - Atualizado há 1 semana
Após pedido da prefeitura de Araguaína, a Justiça autorizou a limpeza dos entulhos das casas desocupadas e que foram demolidas na Feirinha, para resguardar a segurança das pessoas que transitam no local. A autorização foi dada pelo juiz Sérgio Aparecido Paio, da 2ª Vara da Fazenda e Registros Públicos de Araguaína. O procurador-geral do Município, Breno Alves Paiva, explicou no pedido que a Prefeitura acatou a decisão da Justiça para interromper as atividades de demolição no local, mas por medidas de segurança seria necessário a limpeza da área e também a retirada da estrutura metálica de um galpão que tem o risco de desabamento. Segundo o documento, a remoção desse entulho é de extrema urgência. Paiva esclareceu ainda que as pessoas estão andando no local em busca de materiais passíveis de reciclagem para uma possível venda, correndo riscos para a sua integridade física. “Diante disso, não pode o Poder Público se omitir e deixar cidadãos, muitos sem controle de seus atos pelo uso de drogas, perambulando sobre escombros arriscando suas vidas”, afirmou o procurador-geral. Na audiência pública realizada na tarde da última quarta-feira (28), no auditório da Prefeitura, todos concordaram na urgência de se fazer a limpeza do local e a retirada do que restou do galpão. Estiveram presentes na reunião comerciantes, de representantes do Ministério Público Estadual (MPE), Defensoria Pública. A limpeza está sendo acompanhada por equipes da Secretaria da Infraestrutura, pela Defesa Civil, pela Agência de Segurança de Transporte e Trânsito (ASTT) e Polícia Militar. Todo um equipamento de segurança está sendo utilizado neste procedimento de limpeza do local. Nova Feirinha Conforme a prefeitura, a Nova Feirinha terá 24 boxes comerciais, banheiros, elevador, praça de alimentação com nove boxes e setor administrativo. O novo prédio também contará com estacionamento e rampas de acessibilidade. A Prefeitura já garantiu recursos federais de R$ 6 milhões para a realização da obra, com apoio da senadora Kátia Abreu. O Projeto da Nova Feirinha prevê ainda a instalação de duas salas para cursos de artes, um Centro de Artesanato, um Centro de Geração de Renda e praça de alimentação no piso superior. (Joselita Matos)

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.