Palmas

Professores pedem doação de alimentos por corte salarial; greve é suspensa sem acordo

Por Redação AF
Comentários (0)

27/09/2017 09h38 - Atualizado há 1 mês
Após 22 dias com as atividades paralisadas, os educadores de Palmas suspenderam ontem (26), em Assembleia Geral, o movimento grevista, mesmo sem negociação com o prefeito Carlos Amastha (PSB). Também chegou ao fim o protesto dos 7 professores que estavam em greve de fome em nome de toda a classe. Em frente à Câmara de Palmas, local onde os professores permaneceram por 14 dias, a maioria dos trabalhadores votou pela suspensão da greve, de acordo o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado do Tocantins (Sintet). Foi deliberado também, na ocasião, que os educadores retornam às salas de aula nesta quinta-feira (28). Apesar do movimento ter sido suspenso, o Sintet ressalta que a luta não chegou ao fim. "Se o prefeito Carlos Amastha não dialogar poderemos retornar a qualquer momento", alerta o presidente regional do Sindicato, Fernando Pereira.  SEM SALÁRIO Os professores decidiram voltar às escolas, mas sem salário este mês. Isso porque, a gestão, ao invés de negociar com a categoria, cortou o ponto dos grevistas. Em um vídeo divulgado pelo Mídia Ninja, o professor Vinícius Luduvice comenta a situação e revela que alguns profissionais receberiam apenas R$ 200,00 este mês por terem decidido reivindicar seus direitos. O servidor destaca que de fato alguns trabalhadores recebem R$ 7 mil por mês, mas outros recebem cerca de um salário e o corte de ponto significa uma renda insuficiente até para se alimentar. Em razão da necessidade desses educadores, uma campanha mobiliza cidadãos palmenses a doarem alimentos para quem não poderá fazer comprá-los. Um banner (que pode ser visto logo abaixo) circula nas redes sociais pedindo alimentos para os trabalhadores. Nele, também há a justificativa da campanha e os locais onde as pessoas podem doar.  

Comentários (0)

Mais Notícias

Protesto

Moradores plantam pés de banana no meio de rua esburacada no norte do Estado

Moradores também reclamaram do atraso nas obras de pavimentação.

Trânsito

Acidente em rotatória mata jovem e deixa outro gravemente ferido em Palmas

Moradores reclamam que não há iluminação e a sinalização é precária na rotatória.

Notícias falsas

TSE vai anunciar medidas contra fake news após tensão entre Haddad e Bolsonaro

A semana que passou foi tensa, pois Haddad acusou Bolsonaro de estar por trás do esquema.

Concurso PM

Por requisição do MPE, PM vai apurar falhas no concurso para soldado e oficial

Cerca de 16 candidatos são acusados de fraudar as provas para o concurso da PM do Tocantins

Educação

Quase 130 professores de Araguaína ganham progressões salariais na carreira

Os educadores que subiram de nível receberão aumento em seus salários a partir de fevereiro de 2019

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.