Polêmica

Secretário repudia vice e defende prefeito: 'jamais permitiu qualquer ato ilícito', diz

Segundo a polícia, o crime teria sido motivado por briga na divisão de propina.

Por Nielcem Fernandes 994
Comentários (0)

11/01/2019 10h11 - Atualizado há 5 meses
O vice-prefeito foi preso em flagrante acusado de encomendar a morte do prefeito Dotozin

A Prefeitura de Novo Acordo disse que o prefeito Elson Lino de Aguiar Filho (MDB), o Dotozin, nunca teve nenhum compromisso ilícito com o vice Leto Leitão (PRB), que é acusado de ser o mandante da tentativa de homicídio contra o gestor.

Leitão afirmou à polícia que a motivação do atentado seria uma desavença na distribuição de propina. Segundo o delegado Leonardo Risi, da Deic Palmas, a propina seria oriunda de fraudes em licitações na prefeitura da cidade. Ainda segundo o delegado, Dotozin teria se negado a repassar cerca de R$ 800 mil, dinheiro supostamente recebido de propina.

Conforme a nota da prefeitura, assinada pelo secretário de Administração, Sildomar Alves Pereira, o prefeito "jamais permitiu qualquer tipo de ato ilícito durante o seu mandato" e "repudia as palavras do vice-prefeito".

Após prestar depoimento na delegacia, Leitão negou participação no crime e disse que o prefeito é seu amigo."Eu sou inocente. Não mandei matar ninguém. Dotozim é meu amigo", disse o suspeito.

O prefeito foi alvejado com três tiros dentro de casa, sendo que um dos disparos atingiu a cabeça. O agenciador do crime teria sido um empresário de Palmas do ramo de segurança.

NOTA DA PREFEITURA

Após a veiculação de matéria de que o vice-prefeito Letim Leilão é o mandante da tentativa de homicídio perpetrada contra o prefeito Elson Lino de Aguiar, e que a motivação seria a ausência de repasse de valores a título de recursos a serem captados por fraudes a licitação, cabe esclarecer que o atual prefeito jamais permitiu qualquer tipo de ato ilícito durante o seu mandato, inclusive, nunca permitiu que se efetivasse qualquer pagamento a fornecedor sem processo licitatório devidamente formalizado nos moldes da legislação brasileira, e que repudia as palavras do vice-prefeito de que teria dinheiro a receber da prefeitura por supostas fraudes a licitação.

Vale esclarecer que por nenhum momento na atual gestão foi e será admitido qualquer ato ilegal para desviar recursos públicos, pois o prefeito é homem sério, honesto e que jamais teve qualquer compromisso de natureza ilícita com o vice-prefeito.

A história de vida do prefeito Elson Lino de Aguiar sempre foi pautada em muito trabalho e honradez, jamais durante seus 59 anos de idade teve nada que desabone sua conduta, pois ocupou os cargos de vice-prefeito, vereador e secretário municipal de saúde de Novo Acordo e sempre viveu do labor honesto desempenhado com seu suor.

Novo Acordo/TO, 10 de janeiro de 2019.

Sildomar Alves Pereira

Secretário Municipal de Adm. Novo Acordo

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.