Eleições OAB

Na reta final, duas chapas de oposição se unem na disputa pelo comando da OAB-TO

A semana de campanha foi marcada por uma elevação de tom na disputa.

Por Redação 828
Comentários (0)

06/11/2021 08h45 - Atualizado há 2 meses
Ester Nogueira e Rita Rocha, durante evento que oficializou a fusão das chapas

Anunciada no final da semana passada, a união da oposição nas eleições da OAB-TO foi oficializada nesta sexta-feira (5/11). Agora, a chapa Ordem na Casa, liderada pela advogada Ester Nogueira, passa a ter Rita Rocha como candidata a vice-presidente. Rita liderava a chapa OAB de Respeito.

Esta é primeira vez na história da OAB Tocantins que uma chapa tem duas mulheres nos dois principais cargos.

Nesse movimento, vários integrantes do grupo de Rita também passam a integrar a chapa liderada por Ester, em uma união que tem como principal objetivo formar um grupo forte com condições de vencer a disputa marcada para 16 de novembro. 

VEJA MAIS 

“Quero agradecer todos os colegas da antiga chapa OAB de Respeito por entenderem que o momento é superar qualquer divergência para que possamos ter um grupo coeso e forte. Parabéns à colega Rita por estar alinhada com esse pensamento e ter mostrado grandeza nessa hora. Vamos todos juntos colocar ordem na nossa casa com uma OAB de respeito”, destacou Ester Nogueira.

Para Rita Rocha, a união consolida um processo em prol de um interesse maior, que é restabelecer a seriedade e a credibilidade na instituição. “Estou aqui para somar forças com a Ester. Eu sei que ela pensa a mesma coisa que eu, pois eu ouvi da advocacia. Não adianta apenas chegar no terceiro ano e despejar um monte de obras. Precisamos de uma gestão que atue em prol da advocacia. Tem como fazer”, salientou Rita Rocha.

Aceleração da aliança

A união das chapas estava em conversa há algumas semanas, mas foi acelerada após a revelação, no dia 26 de outubro, de que o atual presidente da OAB-TO, Gedeon Pitaluga, é alvo de uma nova grave denúncia criminal, desta vez por corrupção e lavagem de dinheiro em ação movida pela PGR (Procuradoria Geral da República) no STJ (Superior Tribunal de Justiça). Além disso, Gedeon também é condenado por estelionato na Justiça federal.

VEJA MAIS 

A fusão das chapas foi oficializada nesta sexta-feira

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.