Nova Olinda

Prefeito nomeia mais de 20 aprovados em concurso que pode ser anulado pela Justiça

Apenas 37 candidatos foram aprovados dentre as 205 vagas oferecidas.

Por Agnaldo Araujo | Conteúdo AF Notícias 1.228
Comentários (0)

03/03/2022 06h04 - Atualizado há 5 meses
Prefeitura de Nova Olinda

O prefeito de Nova Olinda, Jesus Evaristo Cardoso (MDB), nomeou 23 candidatos aprovados no recente concurso mesmo após o Ministério Público do Tocantins (MPTO) ter solicitado na Justiça a suspensão imediata do certame.

Foram nomeados 01 assistente social, 19 auxiliares de serviços gerais e 02 professoras. Os nomes estão publicados no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta-feira (2).

Os convocados têm o prazo de 30 dias para comparecerem na sede da Prefeitura de Nova Olinda munidos da documentação exigida para posse.

Além dessas 23 novas nomeações, consta no portal da prefeitura que 14 aprovados no concurso já tomaram posse, totalizando os 37 aprovados na homologação do concurso.

A posse dos 13 auxiliares de serviços gerais e 01 assistente social ocorreu em 23 de fevereiro deste ano no gabinete do prefeito Jesus Evaristo.

PEDIDO DE SUSPENSÃO

Ao requerer a suspensão, o MPTO citou várias irregularidades na aplicação do certame, incluindo o fato de que a imagem do gabarito de um candidato já circulava em redes sociais durante as provas.

Os concorrentes também relataram que, ao chegarem em um dos locais de provas, foram informados de que o mesmo havia sido alterado momentos antes do horário da aplicação do exame.

BAIXA APROVAÇÃO 

O concurso de Nova Olinda terminou com 40 cargos sem nenhum candidato aprovado ou inscrito no certame. Apenas 37 candidatos foram aprovados em detrimento de um total de 205 vagas. Ou seja, 82% das oportunidades não foram preenchidas.

VEJA MAIS

Decreto publicado no DOE

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.