Amastha xinga internauta de ‘babaca’ após ser orientado a se preocupar com a PF

Redação AF - |
Foto: Reprodução
Prefeito de Palmas, Carlos Amastha

Mais uma vez o prefeito de Palmas e pré-candidato ao governo do Estado, Carlos Amastha (PSB), mostrou que não tem paciência para críticas e questionamentos nas redes sociais.

Desta vez, o gestor xingou um seguidor do Facebook de ‘babaca’ ao ser orientado a se preocupar com a Polícia Federal, que recentemente o indiciou por corrupção passiva, associação criminosa e cobrança indevida de IPTU

Nesta quarta-feira (20), Amastha postou no Facebook uma crítica ao atraso no pagamento do 13º salário dos servidores do Estado. Entre os muitos comentários concordando e cobrando ações do prefeito na publicação, o seguidor Raildo Miranda Morais foi o único a se lembrar da Operação Nosotros: “Você tem que se preocupar é com a polícia FEDERAL”, disse.

O comentário do seguidor também foi o único a ser respondido.  Amastha dedicou uma série de comentários a opinião do seguidor. Sem meias palavras, o gestor, logo no início, xingou Raildo de ‘babaca’ e se defendeu dizendo que não há nada no relatório que o incrimine. “Babaca… Leia o inquérito e encontre uma vírgula errada na minha atuação…Não me confunda com seus bandidos preferidos”, rebateu o prefeito.

Em seguida, o pré-candidato ao governo se lembrou da oposição e continuou a resposta a Raildo dizendo que não se parece com o grupo que ele intitula ‘lixo’. “Não estou defendendo a gestão, estou defendendo a minha honra. Não entrei para a política para parecer com estes lixos”, disparou.

O prefeito disse ainda que exigia respeito e finalizou afirmando que garante que o seguidor é ‘eleitor dos bandidos’.

NÃO É A PRIMEIRA VEZ 

As farpas disparadas pelo prefeito têm sido constantes nos últimos tempos. Em setembro, ao ser questionado pela filha do presidente Adapec/TO, Amastha também não mediu as palavras e respondeu de forma “carinhosa”.

Seguidora de Amastha, Narjara Camelo questionou no Twitter o porquê do gestor não ter pago a data base dos servidores. “Deverias fazer essa pergunta para o teu pai. Eles não pagam os direitos dos funcionalismo. Nos pagamos TUDO”, respondeu o prefeito de Palmas em seu perfil, na manhã do dia 25 de setembro.

Em resposta a Amastha, Narjara ressaltou que a pergunta não foi um ataque à gestão do prefeito. De acordo com seu tweet, ela estaria apenas querendo confirmar uma informação que viu no jornal da manhã.

A curiosidade de Narjara, no entanto, aparentemente soou na “mente política” do pré-candidato ao governo do Estado como uma ofensa da oposição, já que o pai da jovem, hoje, integra a gestão Marcelo Miranda.

 

LEIA O DIÁLOGO COMPLETO: 

Comentários pelo Facebook: