Seet
Sobral – 300×100

Paulo Mourão, o petista com ‘curiosos apoios’ que também está de olho no Governo

Redação - |
Foto: Ises Oliveira/AL
Deputado estadual e pré-candidato ao governo, Paulo Mourão

As articulações políticas e pré-campanhas estão a todo vapor desde o início deste semestre. No Tocantins, sete nomes podem estar na disputa em 2018. As inúmeras viagens, reuniões e trocas de farpas indicam que, no próximo ano, a campanha será movimentada.

Por meio de uma série de matérias, o AF Notícias fala sobre os pré-candidatos ao governo do Estado:  Ataídes Oliveira (PSDB), Carlos Amastha (PSB), Cleiton Bandeira (sem partido), Kátia Abreu (PMDB), Marcelo Miranda (PMDB), Márlon Reis (REDE),  Mauro Carlesse (PHS)Paulo Mourão (PT) e Ronaldo Dimas (PR).

CONHEÇA PAULO MOURÃO

Após ampla carreira no legislativo e experiência como prefeito, Paulo Sardinha Mourão (PT), de 58 anos, pretende governar o Estado do Tocantins. Esta, porém, não é a primeira tentativa do petista. Por quatro vezes, Mourão tentou se candidatar, mas teria sido barrado por seu partido.

O petista garantiu, no evento em que seu partido o lançou como pré-candidato, que a hora é agora e que seu nome estará sim à disposição para as eleições de 2018. “O momento em que o Tocantins vive é de amadurecimento. O Tocantins não deve mais errar”, declarou Mourão em seu discurso durante o evento.

Um dos seus apoiadores é o prefeito de Palmas Carlos Amastha (PSB) que também já foi lançado como pré-candidato ao governo. Outros nomes ligados à gestão do colombiano também estiveram no evento petista.

No evento, também prestigiaram Paulo Mourão os partidos Rede, Pros, PC do B e PSB por meio de seus respectivos presidentes: deputado Eli Borges (Pros), secretário de Saúde Nésio Fernandes (PC do B), Carlos Amastha (PSB) e Edmilson Junior (REDE).

CARREIRA POLÍTICA

Ainda em 1988, logo após a criação do Tocantins, Paulo Mourão foi eleito deputado federal pelo PDS e reeleito pelo PDC em 1990.  Retornou ao PDS em seguida e presidiu o diretório estadual até a extinção do partido, em 1993.

O engenheiro agrônomo, nascido em Cristalândia, sudeste do Estado, obteve êxito na carreira legislativa e participou de grandes momentos históricos para o Tocantins e para o Brasil.

Enquanto deputado federal, foi favorável à abertura do processo de impeachment do presidente Fernando Collor, em 1992.

Foi reeleito deputado federal, em 1994 e ingressou no PPB e em seguida no PSDB, sendo reeleito neste partido, em 1998.

Já filiado ao PT, foi eleito prefeito de Porto Nacional em 2004. Recebeu o  “Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor” (2006 e 2008) em sua gestão e não disputou reeleição. Nas últimas eleições, em 2014, foi eleito deputado estadual.

Paulo Mourão nasceu no dia 9 de março de 1956, na cidade de Cristalândia, região Sudeste do Estado do Tocantins. Formado em Engenharia Agronômica pela UFG.

Comentários pelo Facebook: