Direto ao Ponto

Arnaldo Filho

redacao@afnoticias.com.br

Bastidores

Tocantinópolis: Paulinho busca o PSD de Irajá; em Xambioá, opositores atacam Jardel Rocha com fake news

Movimentações intensas agitam bastidores da política na região norte.

Por Arnaldo Filho 695
Comentários (0)

23/03/2024 11h05 - Atualizado há 4 semanas
Vice-prefeita Eleny Araújo e prefeito Paulinho Gomes, de Tocantinópolis

Notícias do Tocantins - Em Tocantinópolis, o prefeito Paulinho Gomes teria duas cartas na manga para o projeto da sucessão municipal em outubro de 2024. Segundo líderes políticos da cidade, uma das opções envolve o nome da vice-prefeita Eleny Araújo, que já confirmou ao AF Notícias a intenção de entrar na disputa pela prefeitura.

Nessa articulação, o prefeito estaria em contato com o senador Irajá, presidente estadual do PSD, com a intenção de que a vice-prefeita seja candidata pelo partido. Porém, essa opção esbarra no fato de que o senador é o maior opositor do governador Wanderlei Barbosa. Assim sendo, a escolha por Irajá representa, automaticamente, a rejeição ao apoio da base do Palácio Araguaia. Os dois grupos políticos não cabem no mesmo palanque!

Por outro lado, há quem acredite que o verdadeiro candidato a prefeito do grupo será o deputado estadual Fabion Gomes, do PL do senador Eduardo Gomes, e tio de Paulinho Gomes.

Pela oposição, o principal nome é o do vereador Roberlan Cokim (Podemos), o maior crítico da gestão municipal e o ‘calo no sapato’ da família Gomes. Ele tem uma grande aceitação popular em razão de seu trabalho parlamentar destemido e vem recebendo apoio, inclusive, de prefeitos de cidades vizinhas.

Xambioá

Já em Xambioá, o cenário político aponta para três nomes competitivos: o atual diretor do Hospital Regional da cidade, ex-vereador Jardel Rocha, filiado ao PDT do vice-governador Laurez Moreira; o ex-prefeito Júnior Leite, recém-filiado ao União Brasil da senadora Dorinha, e o nome que será apoiado pela prefeita Patrícia Evelin (que segue indefinido entre dois parentes dela).

Por ser o pré-candidato mais alinhado ao Palácio Araguaia, Jardel Rocha vem enfrentando ataques de opositores, que tentam prejudicar sua relação com o governador Wanderlei Barbosa. Nesta semana divulgaram uma fake news falando de uma suposta trama política contra o Palácio Araguaia. Uma história sem né nem cabeça citando uma possível aproximação de Laurez com a ex-senadora Kátia Abreu, tendo Jardel pelo meio.

“Estão tentando a qualquer custo provocar um afastamento entre o nosso projeto político e o bom relacionamento que temos junto ao governo. Nós vamos seguir trabalhando, pois o que nos importa é o bem-estar da população e a opinião do povo, não a dor de cotovelo dos opositores”, declarou Jardel Rocha.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.