Contra mudanças

Centenas de estudantes do CPM de Araguaína vão às ruas novamente em protesto contra Seduc

A manifestação passou pela Avenida Cônego João Lima e terminou na Praça das Bandeiras.

Por Agnaldo Araujo 1.842
Comentários (0)

07/11/2019 10h10 - Atualizado há 1 semana
Protesto de estudantes na principal avenida de Araguaína

Estudantes, professores e pais protestaram novamente contra o fim do processo seletivo e a mudança do regimento interno do Colégio da Polícia Militar (CPM) de Araguaína na tarde desta quarta-feira (06). Além disso, nenhum estudante compareceu à escola.

A manifestação iniciou por volta das 17h30 com uma caminhada pela Avenida Cônego João Lima, a principal do centro da cidade, e terminou na Praça das Bandeiras.

Este já é o segundo protesto realizado pelos estudantes contra as alterações anunciadas pelo Governo do Estado na semana passada. O primeiro ocorreu no dia 1º de novembro.

Além das manifestações públicas, o CPM de Araguaína conta com o apoio da maioria dos vereadores da cidade. Nesta terça-feira (05), Wagner Enoque entregou um ofício endereçado ao governador Mauro Carlesse pedindo a manutenção da atual metodologia aplicada.

As outras unidades militares do Estado que não concordam com as mudanças também se organizam através de protestos e um abaixo-assinado realizado na internet. Por outro lado, o Governo não tem demonstrado nenhum interesse em ouvir as reinvindicações e abrir diálogo.

Veja mais...

+ Governo acaba com processo seletivo em todos os Colégios Militares do Tocantins e muda nome

+ Estudantes fazem abaixo-assinado e protestos contra mudanças nos colégios militares no Tocantins

+ Professores e alunos temem retrocesso nos Colégios Militares e criticam imposições da Seduc-TO

+ Câmara recebe estudantes, pais e servidores do CPM de Araguaína e convida secretária para debate

+ 5 dúvidas sobre os colégios cívico-militares sem processo seletivo no Tocantins; Seduc responde

Protesto percorreu a Avenida Cônego João Lima

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.