Governador interino

Em 1º discurso, Wanderlei acalma servidores e descarta mudanças bruscas no governo

Ele prometeu adotar uma política fiscal de austeridade com respeito ao empresário.

Por Redação 2.030
Comentários (0)

21/10/2021 15h51 - Atualizado há 1 mês
Wanderlei Barbosa concedeu entrevista coletiva na manhã desta quinta

O governador em exercício do Tocantins Wanderlei Barbosa (sem partido) fez seu primeiro pronunciamento público após assumir o cargo em razão do afastamento de Mauro Carlesse (PSL), pelo prazo de 180 dias, determinado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ).

"A minha cabeça está focada em trabalhar para manter nosso compromisso com o funcionalismo público, com o equilíbrio fiscal e com o nosso dever de atender bem a população, porque foi para isso que fomos eleitos”, afirmou Barbosa, na manhã desta quinta-feira (21), durante coletiva de imprensa realizada no Palácio Araguaia. 

Sobre as denúncias de corrupção, Wanderlei afirmou que Carlesse precisa mostrar que é inocente, mas evitou polemizar, pois disse não conhecer o processo. "O governador Carlesse tem o seu direito de legítima defesa. Nós não conhecemos o processo em andamento contra ele e outras pessoas que estão afastadas do governo", disse. 

O governador interino ainda prometeu fazer o trabalho da 'boa convivência' com toda a bancada federal, deputados estaduais, respeitar os ex-governadores e manter a política municipalista, firmando parcerias com prefeitos para retomada das cirurgias eletivas que estão paralisadas desde o início da pandemia.

Além do compromisso com os servidores, Wanderlei destacou que também dará continuidade aos projetos em andamento, como o Tocando em Frente. “As políticas em execução foram pensadas por uma equipe técnica competente, os projetos que estão em andamento serão mantidos. Foi esse compromisso que assumi quando fui eleito, o de fazer o melhor para o Estado, independentemente do momento", frisou.

O governador também mencionou a continuidade do projeto do TO Mais Jovem, entrega de cestas básicas, kit de alimentos para os alunos da rede estadual de ensino, kits rurais com o Ruraltins [Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins] e outros. 

Wanderlei também pediu a união de secretários e deputados e falou em adotar uma política fiscal de austeridade, com respeito ao empresário. “Nós queremos constituir um ambiente saudável para o desenvolvimento dos setores produtivos, mas ainda temos muita coisa para fazer", afirmou.

Secretariado e funcionalismo público 

“No momento eu não penso em mudanças. Nossos secretários estão sendo coerentes na prestação do serviço, nós temos um Governo de coesão e de respeito mútuo. O que faremos será um trabalho de fortalecimento das nossas ações”, respondeu o governador em exercício Wanderlei Barbosa quanto aos questionamentos sobre possíveis mudanças no secretariado Estadual. 

O governador Wanderlei Barbosa também tranquilizou o funcionalismo público. “Os servidores públicos podem ficar tranquilos que nós também manteremos a agenda de trabalho de recuperação das suas carreiras que foram reprimidas por conta da pandemia”, finalizou.

VEJA MAIS

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.