Artigo

Saiba como as alterações hormonais podem impactar na saúde bucal das mulheres e o que fazer

Médica ginecologista e cirurgiã dentista tiram dúvidas sobre o assunto.

Por Colaboração 512
Comentários (0)

26/05/2024 18h36 - Atualizado há 2 semanas
Cirurgiã-dentista Jailce Alves e Drª Priscila Mangueira

Nesse artigo, a médica ginecologista Priscila Mangueira e a cirurgiã dentista Jailce Alves trazem uma visão entre odontologia e reposição hormonal no contexto da saúde bucal das mulheres durante diferentes estágios da vida, particularmente em períodos de mudanças hormonais significativas, como a menopausa. Confira:

____________________

No ponto de vista da saúde bucal no período da menopausa, muitas mulheres experimentam uma diminuição nos níveis de estrogênio, podendo ocasionar alterações na cavidade oral, como a redução da densidade óssea na mandíbula e maxila, o que pode contribuir para a perda óssea e a periodontite. Além disso, a diminuição dos níveis de estrogênio pode aumentar o risco de xerostomia (boca seca), o que, por sua vez, pode aumentar o risco de cárie e infecções bucais.

De acordo com a Drª Priscila Mangueira, algumas mulheres optam por fazer terapia de reposição hormonal (TRH) para ajudar a compensar a diminuição dos níveis hormonais durante a menopausa.  A TRH pode ter impacto na saúde bucal, ajudando a manter a densidade óssea e reduzindo o risco de problemas periodontais e cáries.

A terapia de reposição hormonal apresenta-se cada dia mais segura, pois atualmente é realizada com hormônios bioidênticos (isomoleculares), ou seja são iguais aos hormônios produzidos pelo próprio corpo, o que diminui os efeitos colaterais associados as terapias hormonais do passado, como risco de trombose e câncer de mama.  No entanto, é importante discutir com o seu ginecologista sobre os potenciais benefícios e riscos da TRH.

Além da menopausa, outras condições médicas que requerem reposição hormonal, como hipotireoidismo ou síndrome dos ovários policísticos, podem ter impacto na saúde bucal. Por exemplo, o hipotireoidismo pode estar associado à periodontite, enquanto a síndrome dos ovários policísticos pode aumentar o risco de cáries devido a alterações nos níveis hormonais e resistência à insulina.

Em suma, embora não haja uma relação direta entre odontologia e reposição hormonal, as mudanças hormonais podem afetar a saúde bucal das mulheres, e a reposição hormonal pode desempenhar um papel na prevenção ou tratamento de certas condições bucais associadas a essas mudanças.

É importante que as mulheres discutam suas preocupações de saúde bucal com seu dentista, especialmente durante períodos de mudanças hormonais significativas.

_____________

Drª Priscila Mangueira | CRM-TO 1585 – Instagram @institutointegrare.to / @drapriscilamangueira.

Cirurgiã-dentista Jailce Alves | Pós-graduada em Periodontia, Plástica Gengival e Laserterapia na Odontologia. CRO/TO 3997

Veja também

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.