Denúncia

Secretário acumula cargos públicos no Tocantins e ainda comanda sindicato no Maranhão

Cargos ocupados por ele no Tocantins são os de secretário municipal e professor.

Por Conteúdo AF Notícias 2.168
Comentários (0)

14/09/2021 16h02 - Atualizado há 1 semana
Jarmondes é secretário em Aguiarnópolis

O secretário municipal de Saúde de Aguiarnópolis (TO), Jarmondes Carlos da Silva, está acumulando a função com o cargo de professor da rede estadual de ensino e ainda é presidente do Sindicato dos Professores de Estreito, no Maranhão, segundo denúncia enviada ao AF Notícias.

Jarmondes foi contratado pelo Estado do Tocantins em maio de 2021 com remuneração bruta de R$ 3.582,00. Já como secretário municipal, ele recebe o total de R$ 3,5 mil.

Aguiarnópolis fica na região do Bico do Papagaio e tem cerca de 7.049 habitantes, conforme estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para este ano.

O acúmulo do cargo de secretário com outro cargo público é considerado ilegal e já foi motivo de investigação do Ministério Público do Tocantins (MPTO) em vários municípios.

OUTROS CASOS

Um dos casos ocorreu em Miracema, onde o então secretário de Saúde, Jonair Oliveira de Souza, acumulava a função com o cargo efetivo de enfermeiro. 

A promotora de justiça Sterlane de Castro Ferreira afirmou em inquérito instaurado na época para investigar o caso que, conforme prevê o artigo 28, parágrafos 1º e 2º, da Lei nº 8.080/90, não é possível o acúmulo do cargo de secretário municipal de Saúde com outra função.

Isso porque, de acordo com a promotora, o cargo de secretário destina-se ao exercício da função de chefia, direção ou assessoramento, sendo em regime de tempo integral (dedicação exclusiva).

A promotora cita, inclusive, que o entendimento do Superior Tribunal de Justiça (STJ) é no sentido de que não é possível o exercício de qualquer outra atividade concomitantemente com o cargo de secretário municipal de Saúde.

Além de Miracema, situações semelhantes também já foram noticiadas em Arapoema, Guaraí e Pequizeiro.

A reportagem solicitou nota à prefeitura de Aguiarnópolis e ao secretário e aguarda retorno. 

Leia também

 

Situação de Jarmondes como professor

Situação de Jarmondes como secretário

Documento assinado por Jarmondes enviado ao AF Notícias

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.